terça, 06 agosto 2019 15:24

Como conservar bananas (mesmo depois de descascadas)

Escrito por
Classifique este item
(2 votos)
Como conservar bananas (mesmo depois de descascadas) Como conservar bananas (mesmo depois de descascadas)

Que família portuguesa não tem uma bananinha no cesto da fruta? Aprenda alguns truques em como conservar bananas, descascadas ou não.

A banana é uma fruta bastante consumida no país, mas que, infelizmente, se estraga bastante rápido.

Há as bananas verdes, as bananas maduras e as bananas com manchas escuras. As primeiras poucas pessoas, gostam e as últimas já se encontram naquela fase em que já ninguém quer pegar nelas.

O ideal é mesmo uma boa banana madura, perfeita para comer, au naturel, ou triturada em batidos, ou, ainda, em pedaços para as papas de aveia. Hmm, delicioso não é?

O que não é nada bom são as bananas já moles, que são praticamente uma só mancha negra.

Contudo, saiba que pode comer à vontade aquelas bananas que estão a ficar castanhas. Aliás, são mais fáceis de digerir devido aos menores valores de amido resistente e aos maiores níveis de antioxidantes.

Porque é que as bananas ficam castanhas?

Tanto a casca como o interior da banana vão ficando acastanhados.

Na casca é devido ao gás etileno que as bananas produzem naturalmente. Este gás vai degradando ácidos e os pigmentos de clorofila, verdes, deixando a banana amarela e depois, à medida que aumenta o gás, castanha.

Uma vez que a pele é removida, a fruta começa a reagir ao ar e fica castanha. Isto faz parte do processo conhecido como oxidação.

Saiba como aumentar a esperança de vida das bananas, mantendo-as frescas por mais tempo.

Veja as nossas dicas em como conservar bananas, mesmo quando já estão descascadas.

Como conversar bananas e evitar que fiquem castanhas

  • Não as deixe dentro de sacos

Ao guardar as bananas ponha-as fora do saco ou bolsa. Quando armazena as bananas em locais fechados, o gás etileno é retido e isso acelera o amadurecimento.

  • Deixe as bananas no cacho

Isto aumenta a duração das bananas, mantendo-as frescas por mais tempo, já que tendem a amadurecer mais devagar. Melhor ainda, pode pendurá-las com em cabides para bananas. Isto evita os “hematomas” ou manchas castanhas que a fruta pousada cria.

  • Embrulhe os talos da banana

As bananas libertam o gás etileno através dos talos o que favorece o processo de amadurecimento. Para desacelerar o processo, enrole as extremidades dos talos em papel aderente, ou, se preferir uma opção mais verde, cera de abelha, e volte a embrulhar quando tirar uma do cacho.

  • Mantenha as bananas à temperatura ambiente

Quantas bananas estão, neste momento, dentro do seu frigorífico? Pode tentar desacelerar o amadurecimento com esta técnica, mas segundo especialistas, a melhor maneira de armazenar bananas é à temperatura ambiente, não no frigorífico. Pelo menos até amadurecerem. As temperaturas frias impedem que a fruta amadureça, mesmo se depois for devolvida à temperatura ambiente.

O armazenamento adequado é essencial para prolongar a vida das bananas.

Mantenha as bananas afastadas de outros alimentos que produzem etileno, como maçãs e abacates.

Se uma ou mais bananas no cacho já tiverem manchas castanhas ou os tais hematomas, separe-as das restantes.

E bananas descascadas, como conservar?

Embrulhe os restos da banana como fez com os talos, evitando a oxidação, e coloque-os no frigorífico.

O que fazer com bananas demasiado maduras?

Pode cortar as bananas já maduras em pedaços, colocá-las num frasco e pôr no congelador. Esses pedaços congelados são óptimos e práticos para pôr em batidos.

Bananas extra maduras, castanhas, podem ser utilizadas e não fazem mal. Aliás, contribuem para um pão de banana delicioso.

Ler 191 vezes Modificado em quinta, 08 agosto 2019 09:13
Sara Ribeiro

Redatora Principal

"Tomei o gosto pelas palavras bem cedo.
Encantada por todas as leituras e escritas que passaram e continuam a passar por mim, o meu percurso inevitável em Comunicação guiou-me até aqui.
Continuarei, para sempre, enamorada pelo poder da informação e pela liberdade que ela respira."