sábado, 17 agosto 2019 19:17

5 erros na dieta que não deixam emagrecer

Escrito por
Classifique este item
(3 votos)
Erros na dieta que não deixam emagrecer Erros na dieta que não deixam emagrecer

Há imensos factores que influenciam os resultados esperados de uma dieta.

Confirme se não se está a deixar levar por alguns dos erros mais comuns cometidos durante uma dieta.

Consumir comida "dita" saudável

Apesar de toda a publicidade em torno de alimentos saudáveis, biológicos e orgânicos, alimentos sem gordura, sem açúcar, ricos em fibra, orgânicos e sem glúten podem, na mesma, engordar.

Se sabe que precisa de mais proteína ou mais fibra, conheça os alimentos e a sua carga nutricional para poder fazer melhores escolhas alimentares.

Por vezes o maior erro é tentar encontrar um elemento específico que está em falta na dieta e que não permite chegar ao resultado pretendido.

Tem de se olhar de uma vista geral e concentrar nos comportamentos errados, como, por exemplo, aquelas refeições rápidas tudo menos saudáveis ou o famoso petiscar entre as refeições, que causam o verdadeiro problema.Não há nenhuma fórmula secreta milagrosa, há, sim, maus hábitos alimentares.

É necessário um olhar honesto sobre a alimentação que leva: crie um diário alimentar para ajudar a ter noção daquilo que come durante o dia.

Auto-julgamento e castigo

Se comer alguma coisa que considera que não é saudável ou se exagerar na quantidade de comida, é importante não ficar a remoer no assunto.

Não traz nenhuma vantagem para si, nem para a sua dieta, implementar algum tipo de restrição alimentar extra ou excesso de exercício físico.

O mais provável é que isso leve novamente a um exagero na comida.É preciso desligar das relações que se criam com a chamada "comida de conforto", aquela utilizada para aliviar o stress, ansiedade, tristeza ou qualquer outro sentimento negativo, e encontrar um equilíbrio e estabilidade com os alimentos.

Em vez de comer quando sente stress, caminhe ou entretenha-se com uma outra atividade física.

Obsessão com a gordura

Estar sempre e constantemente em dieta quer dizer que algo não está bem.

A maioria das mulheres em dieta concentram-se única e exclusivamente na perda de gordura, mas não se aperceberam, ainda, que com músculos mais desenvolvidos, essa perda seria maior.

Em termos de dietas, há que pensar a longo prazo e não a curto prazo.

As estratégias de perda de gordura funcionam até ao ponto em que o corpo se adapta a estes mecanismos.

Preocupe-se não em perder gordura mas em construir músculos. A evolução pode ser lenta, principalmente no início, mas vai ser orgânica e nutricionalmente constante, sem altos e baixos significativos, saudável e, melhor ainda, vai levar a resultados permanentes.

Comer demais à noite

Quem não se alimenta bem durante o dia, vai chegar a casa e comer como se não houvesse amanhã.

A falta de calorias pela qual passou vai ser compensada uma vez que o corpo está a pedir alimentos nutritivos.

Para além disso, a falta de uma alimentação adequada pode levar a um aumento do nível de cortisol no organismo o que também contribui, por sua vez, às escapadelas alimentares.Nenhuma pessoa que está stressada e com fome quer perder tempo a preparar uma refeição, muito menos pensar quais os nutrientes e calorias que têm.

É importante ter uma alimentação correta durante todo o dia, em todas as refeições. Isto ajuda a evitar as ânsias noturnas.

Adotar um plano de dieta publicitado nas redes sociais

A maior parte dos planos que nos chegam da televisão, rádio, etc., prometem que pode emagrecer a comer pizza, panquecas, hamburgueres e doces.

Só tem de comprar as refeições pré-feitas e vai ver a gordura a desaparecer.

Este tipo de abordagem é inútil a longo prazo. Os resultados rápidos seguem-se de um ganho ainda mais rápido dos quilos perdidos uma vez que a dieta termina.

Ou seja, perde massa muscular e o seu metabolismo desacelera, contudo, se não faz treino com pesos, no fim da dieta, não só ganha os quilos que perdeu como, muito provavelmente, ganha uns quilos extra devido à compensação calórica pela qual o seu organismo vai passar.

O ponto central a retirar deste tipo de dietas é que é fundamental haver uma educação alimentar.

Evite os erros para emagrecer com saúde

É preciso saber quais os alimentos que deve consumir para não voltar a cair nos mesmos erros que cometia anteriormente e que levou ao ganho de peso em primeiro lugar.

O sucesso a longo prazo começa e termina com o conhecimento nutricional dos alimentos, permitindo, deste modo, a confeção de refeições simples e rápidas, mas nutricionalmente saudáveis e equilibradas.

Treine e alimente-se bem para contribuir para o crescimento de músculo e perda de massa gorda.

Ler 102 vezes Modificado em sábado, 17 agosto 2019 21:07
Sara Ribeiro

Redatora Principal

"Tomei o gosto pelas palavras bem cedo.
Encantada por todas as leituras e escritas que passaram e continuam a passar por mim, o meu percurso inevitável em Comunicação guiou-me até aqui.
Continuarei, para sempre, enamorada pelo poder da informação e pela liberdade que ela respira."