terça, 12 novembro 2019 16:19

A Capital do Natal chega a Portugal

Escrito por
Classifique este item
(1 Vote)
A Capital do Natal chega a Portugal A Capital do Natal chega a Portugal

É o maior parque temático da Europa dedicado ao natal que alguma vez passou por Portugal.

A Capital do Natal decorre no Passeio Marítimo de Algés de 29 de novembro a 12 de janeiro. Oeiras recebe, assim, o primeiro Christmas Fun Park da Europa.

O maior evento de natal estreia-se este ano em Portugal e tem mais de uma dúzia de zonas distintas com temática natalícia para a época que se avizinha.

Entre esses espaços encontra-se a Grande Roda do Ártico, o Palco da Harmonia, o Palácio dos Guardiões da Neve e a Dança no Céu do Gelo.

Destaques para o Expresso dos Cinco Sentidos, que lhe dá a conhecer os quatro cantos do parque; o Grande Lago, o elemento central do parque, onde estará uma árvore com iluminação própria; o Piquenique dos Elfos Gulosos, a área de restauração; e o Bosque dos Elfos, uma área pensada para os mais pequenos.

Também terá uma pista de gelo, cinco pistas de neve com tela de cobertura, um carrossel e um mercado.

Como, infelizmente, não se espera neve para essa zona, a tecnologia finlandesa vem  ao resgate. É no Palácio dos Guardiões da Neve que vai nevar e onde vão estar várias esculturas de gelo, o que promete animar miúdos e graúdos.

Os bilhetes são pagos a partir dos 3 anos e os preços variam entre os €20 e os €88. O mercado de Natal solidário, Via dos Corações Abertos, é de acesso livre.

A Capital do Natal é promovida pela Christmas Fun Park com a parceria do Oeiras Valley.

Horário

Segunda-feira a quinta-feira | 12h00 – 23h00

Sexta-feira | 12h00 – 00h00

Sábado | 10h00 – 00h00

Domingo | 10h00 – 23h00

24 e 31 de dezembro | 10h00 – 18h00

25 de dezembro e 1 de janeiro | 14h00 – 23h00

Ler 92 vezes Modificado em terça, 12 novembro 2019 16:30
Sara Ribeiro

Redatora Principal

"Tomei o gosto pelas palavras bem cedo.
Encantada por todas as leituras e escritas que passaram e continuam a passar por mim, o meu percurso inevitável em Comunicação guiou-me até aqui.
Continuarei, para sempre, enamorada pelo poder da informação e pela liberdade que ela respira."