segunda, 11 novembro 2019 16:04

Está quase aí a maior experiência de voo radical no Porto

Escrito por
Classifique este item
(1 Vote)
A maior experiência de voo radical no Porto A maior experiência de voo radical no Porto Dreamfly

O túnel de vento da Dreamfly abre esta quarta-feira, 13 de novembro, e é a nova atração do Auchan Maia.

As reservas começaram hoje para a maior experiência de queda livre num túnel de vento vertical. Fica no Porto, mas está também prevista a sua chegada à capital para o próximo ano de 2020.

Desafie a gravidade e enfrente o vento que pode chegar a atingir a velocidade de 270 km/hora num túnel que é um dos maiores túneis de vento ao ar livre da Europa.

O túnel de ‘Indoor Skydiving’ simula a queda livre, como se saltasse de um avião, sendo a velocidade do vento ajustada ao tamanho da pessoa, tornando-se o sítio ideal para experimentar a adrenalina da queda livre e praticar ‘bodyflying’.

Cada voo tem a duração de 1 minuto e, de acordo com a organização, isto é equivalente a uma descida de uma altitude de quatro quilómetros.

Não é necessária experiência e qualquer pessoa a partir dos quatro anos pode experimentar.

Os pacotes disponíveis incluem ‘Voo Individual’, com 2 voos por €54 para adultos; ‘Voo Infantil’, 2 voos por €44 para uma criança dos 4 aos 12 anos de idade”; ‘Dupla Diversão’, 2 voos com a duração de 4 minutos no total, por €89; e ‘Voo em Família’, com 10 voos para até cinco pessoas, por €225. Há também packs para festas e grupos, eventos corporativos, entre outros, podendo ainda adquirir um cartão de oferta.

Visite a página online da Dreamfly e reserve o seu voo.

Horário

Quarta a sexta-feira | 12h00 – 21h00

Sábado | 12h00 – 21h00

Domingo | 11h00 – 20h00

Ler 126 vezes Modificado em segunda, 11 novembro 2019 16:18
Sara Ribeiro

Redatora Principal

"Tomei o gosto pelas palavras bem cedo.
Encantada por todas as leituras e escritas que passaram e continuam a passar por mim, o meu percurso inevitável em Comunicação guiou-me até aqui.
Continuarei, para sempre, enamorada pelo poder da informação e pela liberdade que ela respira."