quinta, 14 novembro 2019 10:52

Coisas que deve parar de fazer pelos seus filhos

Escrito por
Classifique este item
(1 Vote)
Coisas que deve parar de fazer pelos seus filhos Coisas que deve parar de fazer pelos seus filhos

Pela independência deles e pela sua.

Lavar a loiça, escolher a roupa, preparar o almoço ou lanche da escola… Estas são pequenas grandes coisas que os pais fazem pelos seus filhos.

Não é nada demais, eles são pequenos e precisam de ajuda, certo? Sim, é verdade, até certo ponto.

Há determinados comportamentos que são bem intencionados, como os exemplos que dei anteriormente, mas que, no fundo, podem estar a causar danos aos seus filhos.

Na tentativa de ser um ótimo pai e mãe, por vezes, pode não ver que as suas acções não são as melhores.

Porquê? Porque não estão a aprender várias características que os preparam para a vida, como, por exemplo, o que é a responsabilidade, autonomia ou independência.

Faz parte da vida aprender com os próprios erros, e as crianças também o podem fazer. Isto ajuda-as a tornarem-se adultos competentes, responsáveis e, acima de tudo, capazes.

Aqui estão 8 coisas que deve parar de fazer pelos seus filhos.

Fazer tudo por eles

A primeira e mais importante coisa que tem de se aperceber é que os seus filhos têm capacidade para fazer muito mais do que fazem ou os deixa fazer.

O seu filho entornou leite? Deixe-o limpar.

Se quer educar crianças independentes, tem de lhes ensinar, em primeiro lugar, o que é, e o que significa a independência.

Completar os trabalhos escolares

Toda a gente quer que os seus filhos tenham boas notas e estejam bem na escola.

Ajudar as crianças com os seus trabalhos de casa e projetos escolares é completamente normal, contudo, o caso muda de figura quando essa ajuda se torna excessiva.

Eles têm de ser responsáveis pelos seus próprios trabalhos escolares, não deve ficar acordada até tarde para fazer o trabalho que eles não quiseram ou não conseguiram fazer, nem deve ir à última da hora comprar o glitter ou os lápis coloridos para o poster que não ficou pronto. Dê-lhes espaço e deixe-os ter sucesso ou falhar por eles próprios.

Cozinhar o que eles querem

Decidiu fazer uma refeição super saudável e equilibrada, que está uma delícia, mas o seu pequeno decidiu que o que realmente quer é outra coisa, como um hamburger ou uma tosta mista. Como mãe ou pai que quer agradar, talvez se levante e lá vai fazer outra coisa.

Isto é um grande não. Este tipo de cedência apenas serve para reforçar os maus hábitos, para além de limitar a sua capacidade de experimentar coisas novas.

Por outro lado, o que não é preciso, e não o deve fazer, é forçá-lo a comer o que não gosta. Se o seu filho quase vomita a comer espinafre, talvez não goste mesmo de espinafre.

E, se o seu pequeno já tem idade, porque não começar a pensar em deixá-lo fazer os seus próprios lanches? As crianças podem e devem preparar os seus lanches.

Vesti-los todos os dias

Tem medo que os seus filhos se vistam com tudo menos roupa? É normal.

Mas de acordo com os especialistas pediátricos, deixar os seus filhos vestirem-se é uma parte natural do desenvolvimento.

Deixar que eles escolham a sua roupa e se vistam sozinhos permite que eles ganhem a capacidade e competência de testar limites e impor alguma autoridade.

Planear todo o dia

Quer que os seus filhos experimentem coisas novas, quer que estejam ocupados o dia todo com várias atividades que ocupem o tempo e lhes ofereçam, ao mesmo tempo, algum tipo de conhecimento ou habilidades, como música, desporto, etc.

Mas segundo um estudo realizado, expor os seus filhos a demasiado tempo estruturado pode, na realidade, inibir algumas das suas funções, impedindo-os de planear, tomar decisões e encontrar soluções para resolver problemas.

Atividades sim, mas q.b., aliado a tempo livre onde os deixa brincar.

Acordá-los de manhã

É para isso que os alarmes e despertadores servem e é menos uma coisa com a qual tem de se preocupar.

Os seus filhos vão perceber que ficar a dormir os impede, por exemplo, de tomar o pequeno almoço.

Nada como uma fomeca para dar um impulso para levantar e começar o dia com o pé direito.

Arrumar o que eles desarrumaram

As crianças deixam tudo pelos cantos da casa. Depois de acabar de guardar a roupa espalhada pelo quarto, vê que tem mil e um brinquedos para apanhar do chão.

Está na hora de chamar os seus filhos para ajudarem. Deixá-los ter controlo sobre o seu espaço ensina-lhes responsabilidade e gratidão, para além de lhe dar uma pausa.

Pode deixá-los fazer as suas próprias camas, arrumar os brinquedos, a roupa… Livre-se de algumas das suas responsabilidades, atribuindo aos seus filhos tarefas próprias para as suas idades.

Resolver todos os problemas

Imagine que o seu pequeno está com problemas com um amiguinho da escola por causa de um brinquedo. Desde que as coisas não se tornem físicas, deixar que as crianças resolvam os seus próprios problemas, entre elas, ajuda ao desenvolvimento de comportamentos e habilidades sociais.

Ler 114 vezes Modificado em quinta, 14 novembro 2019 11:33