sábado, 09 maio 2020 18:07

Como escolher o protetor solar ideal para a sua pele?

Escrito por
Classifique este item
(1 Vote)

Agora que o estado de emergência foi levantado, tenho a certeza que começa a pensar numa realidade que permita desfrutar do Sol e dos dias quentes que se avizinham.

Mas não podemos falar deste cenário maravilhoso sem a relembrar daquele que deve ser um dos seus aliados: o protetor solar.

O protetor solar é crucial para a saúde e bem-estar da pele. A exposição social desprotegida pode ser o responsável pelo aparecimento de queimaduras solares, fotossensibilidade ou melasmas. A longo prazo, é também a principal causa do aparecimento de cancro de pele. O sol é também um dos principais aceleradores do envelhecimento cutâneo, pelo que também existe uma motivação estética para o uso do protetor solar. Exatamente: o protetor solar é o melhor anti-idade que pode utilizar. Aliás, apostar em cuidados anti-idade sem utilizar protetor solar é o mesmo que deitar o seu dinheiro pela janela fora, já que terá os efeitos da luz solar a combater diretamente contra as formulações dos seus cosméticos.

Contudo, escolher pode ser tarefa difícil. Cada vez existem mais opções no mercado, com diferentes texturas e o ideal é ter algum conhecimento sobre protetores solares e as suas funções e diferenças para fazer a melhor escolha para a sua pele.

Antes de mais e idealmente, deve optar por um protetor solar com proteção contra raios UVA e raios UVB. Os raios UVB são os raios que afetam a camada superficial da pele e são os principais responsáveis pelas comuns queimaduras solares. São eles que bronzeiam a pele, mas são também os causadores de sardas, hiperpigmentação e melasmas. Os valores que tendencialmente observa nos rótulos dos protetores solares são os associados aos raios UVB. Já os raios UVA atuam nas camadas mais profundas da pele e não só são responsáveis pelo fotoenvelhecimento, como pelo aparecimento de cancro de pele. Ou seja, se optar por um protetor solar apenas com proteção UVB não está a proteger a sua pele na totalidade.

De seguida, deve perceber se pertence escolher um protetor químico ou um protetor mineral. Os protetores químicos utilizam químicos para absorver a radiação UV e, através de uma reação química, transformá-la em calor, dissipando-a da superfície da pele. Tendem a ser os favoritos, já que possuem uma consistência muito leve, fácil de aplicar e não possuem o resíduo branco que associamos aos protetores solares. No entanto, podem não ser tão tolerados por pele sensível e, mais recentemente, surgiram estudos que associam os protetores químicos à destruição de corais. Este estudo aumentou consequentemente a procura pelos protetores minerais. Os protetores minerais são protetores solares que utilizam minerais para refletir a radiação solar e assim, proteger a pele. Ao contrário dos protetores químicos que demoram 20 a 30 minutos a começar a “funcionar” – e por isso devem ser aplicados antes de sair de casa – as opções minerais têm uma ação de proteção imediata. São também mais apropriados para peles sensíveis e não poluentes, mas tendem a possuir o resíduo branco que não agrada à maioria.

Para terminar, deve escolher o SPF adequado para a sua pele. SPF significa "Sun Protection Factor" ou em português, Fator de Proteção Solar (FPS). O fator de proteção solar é um fator de multiplicação que permite perceber quanto tempo o produto oferece proteção eficaz contra os raios UVB. Para traduzir o SPF de uma forma prática, basta multiplicar esses 10 minutos – valor de referência que se refere à tolerância da pele à exposição desprotegida – pelo valor mencionado na embalagem. Exemplo: um protetor com SPF 30 oferece 300 minutos de proteção. Não se esqueça que estes valores são apenas de referência: quando molha o corpo ou se deita na toalha, já está a deturpar o tempo de proteção do seu protetor.

Existe ainda outro fator diferencial: a percentagem de radiação UVB que cada fator consegue bloquear. Um SPF 15 bloqueia 93% dos raios, um SPF 30 bloqueia 97% dos raios e um SPF 50 bloqueia 98% dos raios. A maioria dos dermatologistas recomenda a utilização de um SPF 30 ou superior, até SPF 50. Até à data, também não existem estudos que comprovem a eficácia de valores superiores a 50, pelo que um produto dentro desses valores será perfeitamente eficaz.

Agora, está preparadíssima para escolher o protetor mais adequado para si. Só nos resta partilhar os nossos favoritos!

La Roche Posay – Anthelios Shaka SPF50+ Fluído sem Perfume |20,90€

Disponível em Skin 

Nuxe Sun – Leite de Corpo e Rosto SPF30 | 16,15€

Disponível em Skin 

Sensilis – Sun Secret SPF30 Gel-Creme Corpo Antienvelhecimento | 23,33€

Disponível em Skin 

Bioderma -  Photoderm Bronz Bruma SPF30 Corpo e Cabelo | 21,80€

Disponível em Skin 

Avène – Fluído Protetor SPF50+ | 12,73€

Disponível em Skin 

Ler 321 vezes Modificado em sábado, 09 maio 2020 18:34