terça, 07 abril 2020 13:28

A melhor forma de limpar e desinfetar a sua casa

Escrito por
Classifique este item
(2 votos)
A melhor forma de limpar e desinfetar a sua casa A melhor forma de limpar e desinfetar a sua casa

Em dias de quarentena, não deixe passar nada e limpe tudo da melhor maneira, mesmo aqueles recantos que nunca se lembra.

Ter a casa limpa é importante. Não só dá outro ar, mais fresco, como elimina as sujidades e germes, assim como outros elementos que podemos trazemos do exterior.

Deste modo, agora mais que nunca, é essencial ter atenção a certas partes da casa e confirmar que estas são limpas regularmente.

A melhor forma de limpar e higienizar a sua casa passa, em primeiro lugar, por entender a diferença entre limpar e desinfetar.

Limpar, o que é feito apenas com água e sabão, seja com uma esponja, papel ou escova, resulta na remoção de germes, impurezas e outras sujidades. Mas os germes, apesar de removidos, não são mortos.

Por seu lado, desinfetar já acarreta a utilização de produtos com químicos usados para eliminar os germes. Mas tenha atenção: se uma superfície precisa ser desinfetada, mas está suja, tem de a limpar primeiro para depois a desinfetar, caso contrário, o desinfetante não consegue produzir os resultados esperados.

Se não tem desinfetante, crie o seu próprio adicionando 5 colheres de sopa de lixívia a 4 litros de água. Faça esta mistura e utilize o produto apenas em locais arejados.

Para sanear e higienizar a sua casa da melhor forma possível, tenha em mente que deve limpar e depois desinfentar. De qualquer maneira, se não pode desinfetar, garantir a limpeza das superfícies, limpando por exemplo duas vezes, apesar de não ser o ideal, é eficiente.

E não se esqueça de utilizar luvas descartáveis enquanto faz a limpeza e higienização da casa. Se não tiver, certifique-se que mantém a pele afastada dos químicos, esteja a usar papel ou esponja, e lave bem as mãos de forma regular.

Para iniciar a limpeza em concreto, comece pelas superfícies e objetos que são os mais tocados dentro de sua casa. Estes, na generalidade, incluem:

  • Maçanetas das portas e puxadores dos móveis;
  • Eletrodomésticos, nomeadamente os botões;
  • Portas, incluindo as do frigorífico, congelador, etc.;
  • Comandos, como os da televisão; computadores que são partilhados, assim como ecrãs táteis;
  • Interruptores de luz;
  • Torneiras;
  • Cadeiras;
  • Superfícies das mesas e bancas;
  • Tampas de sanita e autoclismos.

Para além disso, tenha atenção a outros elementos como:

Cartas e encomendas. Todo o correio que nos chega foi tocado por outras pessoas. Mesmo que os trabalhadores utilizem proteção individual, certos germes, incluindo o coronavírus, podem ficar em certos materiais durante longos períodos de tempo. Desinfete todo o correio, deite fora as embalagens depois de as manusear e lave muito bem as suas mãos.

Produtos de supermercado. Não sabe quem lhes tocou, portanto, o ideal é desinfetar as embalagens, assim como limpar bem os produtos frescos.

Roupa. O cesto onde coloca a sua roupa suja também deve ser limpo.

Mantenha também as divisões da casa bem arejadas e não se esqueça de manter limpos:

  • Sofás e poltronas;
  • Tapetes;
  • Chão;
  • Janelas, incluindo persianas e cortinas (da banheira também);
  • Lençóis e almofadas;
  • Brinquedos.

Atualmente, com a situação que se vive por causa do coronavírus, a limpeza da casa deve ser feita 1 vez por dia, especialmente se tiver de sair de casa. Ainda, objetos como maçanetas, portas e torneiras, assim como todos aqueles que mais se utilizam, devem ser limpos 2 a 3 vezes por dia.

Ler 630 vezes Modificado em terça, 14 abril 2020 17:46
Sara Ribeiro

Redatora Principal

"Tomei o gosto pelas palavras bem cedo.
Encantada por todas as leituras e escritas que passaram e continuam a passar por mim, o meu percurso inevitável em Comunicação guiou-me até aqui.
Continuarei, para sempre, enamorada pelo poder da informação e pela liberdade que ela respira."