segunda, 30 dezembro 2019 11:10

5 maneiras simples de saber se os ovos estão bons

Escrito por
Classifique este item
(2 votos)
5 maneiras simples de saber se os ovos estão bons 5 maneiras simples de saber se os ovos estão bons

Para comer ovos sempre fresquinhos.

“Será que ainda estão bons?”. Que pessoa nunca fez esta pergunta a si mesma quando os seus olhos passam por aqueles ovos que tanto apetecem agora, mas já nem sabe bem há quanto tempo estão ali guardados?

Como com qualquer alimento, os ovos vão perdendo qualidade e, à medida que o tempo passa, a bolsa de ar no interior do ovo aumenta e as claras diminuem.

No entanto, um ovo só fica estragado quando se começa a decompor devido a bactérias ou bolor. Na realidade, os ovos podem manter-se bons para comer durante muitas semanas.

Mas, em caso de dúvida, pode recorrer a vários métodos para saber se os ovos estão ou não frescos para comer.

Se ainda tem dúvidas sobre a importância dos ovos numa alimentação saudável, confira os 5 bons motivos para comer ovos.

Como saber se os ovos estão frescos

1. Data de Validade

Este é obviamente o primeiro passo. Contudo, se refrigerar os seus ovos, deitá-los fora nesta data pode ser um grande desperdício de ovos.

Os ovos embalados têm uma duração de aproximadamente 30 dias, contudo, isto não significa que ao fim desse tempo eles estejam estragados.

Se os ovos que tem já ultrapassaram a data de validade, experimente um dos outros métodos para testar a sua qualidade destes.

2. Odor

Cheirar os ovos é, sem dúvida, um dos métodos mais antigos e simples e, dependendo com quem fala, dos mais fiáveis.

Se desconfia que os ovos estão estragados, cheire os ovos. Independentemente de estarem crus ou cozidos, ovos estragados libertam um odor característico e, *aham*, inconfundível.

Caso não consiga cheirar com a casca, abra o ovo para um prato ou tigela e cheire-o assim. Se sentir algum odor estranho, deite fora.

3. Aspeto

Usando mais um dos nosso sentidos, os olhos também são importantes para saber se os ovos estão bons ou estragados.

Certifique-se que as cascas não apresentam nenhuma racha, nem estão pegajosas ou secas.

Enquanto a viscosidade e rachas podem indicar a presença de bactérias, um aspeto pulverulento pode significar bolor.

Se a casca aparenta estar seca e sem nenhum tipo de danos, abra o ovo e procure por sinais de descoloração - rosa, azul, verde ou preta - na gema ou claras. Se notar algum tipo de descoloração, deite fora.

Para além disso, se notar que tanto as claras como a gema escorrem quando abre o ovo, isto significa que a qualidade do ovo diminuiu, mas não quer dizer que o ovo esteja estragado, podendo ser utilizado.

4. Flutuação

É um método bastante popular para descobrir se os ovos estão frescos.

Para fazer este teste, coloque gentilmente o ovo num recipiente com água fresca. Se o ovo afundar e ficar de lado, ele está fresco e pode ser consumido; se o ovo afundar e ficar de pé, ainda está bom para comer, mas deve-o fazer brevemente; se o ovo flutuar ou ficar inclinado e a apontar para cima, está velho.

Isto acontece porque, como já referi, a bolsa de ar no interior do ovo vai crescendo e, se ficar larga o suficiente, provoca que o ovo flutue.

Mas lembre-se que este método diz-lhe se um ovo está fresco ou velho, não se está estragado ou bom.

Deste modo, um ovo pode afundar e estar mau para comer, enquanto que um ovo que flutua pode estar ainda comestível.

5. Luz

A luz pode ser utilizada para avaliar o desenvolvimento do pintainho no ovo fertilizado, assim como pode ajudar a avaliar a qualidade de um ovo.

Para o fazer em casa, precisa de um quarto escuro e uma fonte de luz pequena e brilhante, como uma lanterna.

Segure a fonte de luz na maior extremidade do ovo, incline-o e vire-o rapidamente de um lado para o outro.

Isto vai permitir que veja o conteúdo interior através da casca e, desta forma, analisar se a bolsa de ar do ovo é pequena ou grande. No caso de um ovo fresco, esta bolsa deve ter cerca de  3,175 mm.

Ainda, o movimento do conteúdo também ajuda a analisar a qualidade do ovo. Menos movimento indica um ovo mais fresco.

Portanto, e tal como o método da flutuação, a luz permite saber se o ovo está fresco, mas não diz se está estragado ou não.

Qual o melhor método?

Entre os 5 métodos aqui apresentados, abrir o ovo, cheirar e procurar por descoloração é a maneira mais rápida e eficaz de determinar a sua frescura.

De salientar que, mesmo que um ovo passe nestes testes, ele deve ser bem cozinhado antes de ser consumido.

Ler 127 vezes Modificado em segunda, 30 dezembro 2019 11:30