sábado, 28 março 2020 15:22

Curiosidades sobre a alimentação e as diferentes fases do ciclo de vida da mulher

Escrito por
Classifique este item
(1 Vote)

O hábito de transformar alimentos simples da natureza em sabores e carinhos que nos trazem de novo à vida, tem estado ligado, desde sempre, às mulheres.

Foram elas, durante séculos que guardaram e transmitiram os saberes mediterrânicos mais profundos, tornando o pouco em muito e diverso.

Hoje apresentamos algumas curiosidades relativas a alimentos que podem ajudar a atenuar sintomas associados a diferentes fases do ciclo de vida da mulher, como é o caso da menstruação ou da menopausa.

Sabia que?

- O consumo de ómega 3 presente nos peixes gordos (salmão, arenque, cavala, sardinha, atum), frutos e sementes oleaginosas (noz, amêndoa, chia, sésamo) ajudam na redução do potencial inflamatório responsável pelas dores menstruais;

- O consumo de alimentos ricos em hidratos de carbono complexos (cereais integrais, castanha, massas, batata-doce, leguminosas) permite diminuir o apetite por alimentos doces, melhorar o estado do humor e manter os níveis de açúcar no sangue estáveis;

- É importante assegurar o consumo correto de alimentos fornecedores de vitamina A (cenoura, abóbora, manga), pois esta vitamina tem um papel importante na eritropoiese (formação de glóbulos vermelhos) e na mobilização de reservas de ferro;

- Após a menopausa, ocorre a diminuição dos níveis de estrogénio o que aumenta o risco cardiovascular e de osteoporose. De modo a retardar a diminuição da massa óssea é indispensável realizar exercício físico, consumir alimentos fornecedores de cálcio (produtos lácteos, hortícolas verde escuros) e promover a síntese de vitamina D, através de exposição solar;

- Os alimentos que contém cafeína devem ser evitados, para além de inibir a absorção de ferro, a cafeína pode motivar maior tensão nervosa e provocar irregularidades no ciclo menstrual;

- Os produtos hortícolas de cor verde-escura são importantes fornecedores de fibra (melhoram o trânsito intestinal), de vitamina C (reforça a imunidade e é coadjuvante na absorção de ferro) e de magnésio (melhora a tensão nervosa).

 

Artigo elaborado pela nutricionista Inês Aparício da Clínica Smylis

 

Ler 390 vezes Modificado em domingo, 29 março 2020 21:58