domingo, 06 outubro 2019 15:53

Detox pós-férias: sim ou não?

Escrito por
Classifique este item
(3 votos)

Acabaram as férias, as noites quentes na esplanada, as petiscadas com os amigos, a bola de Berlim na praia…

É muito comum que após esta época do ano surge a preocupação e a dificuldade em voltar à rotina. Isto leva à ideia generalizada de que precisamos de uma solução rápida para corrigir os estragos. O detox aparece frequentemente como a solução. Mas será mesmo necessário?

O que se pretende, supostamente, com este tipo de abordagem é “limpar”, “desintoxicar”, como que fazer um “reset à máquina”. Mas será que o nosso corpo precisa mesmo disso? Precisa e fá-lo diariamente, felizmente! O fígado, os rins, a pele, os pulmões, os sistemas gastrointestinais fazem o seu trabalho todos os dias, no sentido de manter o nosso corpo em equilíbrio, livrando-nos das substâncias indesejáveis, a que a toda a hora nos submetemos (pela comida, pela poluição, pela cosmética, pelo tabaco …. Etc.) e que comprometem a saúde.

O facto de fazermos um “detox”, comercialmente falando, daqueles que nos vendem na internet de sopas e sumos, não nos vai tornar mais saudáveis ou fazer perder gordura mais depressa. Já para não dizer que será muito pouco sustentável! Claro que uma abordagem alimentar, rica em vegetais e fruta é benéfica, mas falamos de comer apenas estes alimentos, o que é muito redutor no que se refere a hábitos saudáveis e pode até ser perigoso.

Se quer voltar à rotina, não embarque em modas e tente reestruturar as suas rotinas e hábitos. Organize-se!

Algumas dicas, para voltar à rotina e adquirir bons hábitos alimentares.

Acrescentar:

- Mais verduras, varie e experimente novas formas de consumir os vegetais; coma-os pelo menos nas duas refeições principais;

- Mais frutas, a fruta é um dos melhores alimentos, muito ricas em vitaminas, minerais e fibras. Só não precisa de comer às toneladas;

- Coma de acordo com a sua fome. Não siga regras, no sentido de se obrigar a comer porque passaram três horas ou porque “não se deve comer à noite”. Coma ouvindo o seu corpo. Ele diz-lhe o que precisa. Se tiver episódios de compulsão ou comer de forma descontrolada, comece a observar-se e tente entender o que sente nesses momentos. Perceber, para gerir!

- Deixe de seguir modas alimentares…

Diminuir:

- Alimentos processados, cheios de aditivos, listas intermináveis de ingredientes;

- Alimentos ricos em açúcar refinado;

- Alimentos ricos em gordura saturada (como carnes gordas, carnes processadas tipo enchidos, alimentos aos quais foi adicionado óleo de palma – ler rótulos);

E mantenha um hábito super desintoxicante na sua vida, para sempre: o Exercício físico!

Estes são apenas alguns cuidados que pode ter para melhor a sua saúde, a sua forma física e a sua felicidade!

Talvez incluir, em vez de só restringir, possa ser uma nova e melhor abordagem!

 

Artigo da nutricionista Cláudia Maranhoto, da Clínica Bem Estar Viseu, Parceira Fitness Hut - Grupo Viva Gym. 

Ler 102 vezes Modificado em segunda, 14 outubro 2019 13:23