quinta, 26 setembro 2019 14:13

Earbuds, os auscultadores sem fios em voga

Escrito por
Classifique este item
(3 votos)
Earbuds, os auscultadores sem fios em voga Earbuds, os auscultadores sem fios em voga

Se ainda não conhece os earbuds sem fios, fique agora a saber as vantagens destes auscultadores que são a nova tendência wireless e veja as nossas sugestões.

A tendência tecnológica caminha para acabar com os fios; do computador, da televisão, do rato, dos auscultadores…

Quem nunca passou tempo a desembaraçar os auscultadores porque ficaram todos emaranhados neles próprios?

Pois é, a tecnologia sem fios torna-se cada vez mais importante e, consequentemente, também se encontra em constante evolução.

Foi desta evolução que surgiram os earbuds sem fios que não necessitam de entradas auxiliares para a saída do áudio, isto é, tornaram os fios obsoletos.

Para além disso, muitos equipamentos começam a chegar às lojas já sem entrada para os auscultadores, como o iPhone.

Mas quais as vantagens de escolher estes auscultadores sem fios?

Para além do maior conforto, algumas das características que se podem encontrar em alguns destes earbuds, muitos deles feitos com materiais recicláveis, incluem:

  • Proteção auditiva com tecnologia avançada de cancelamento de ruído;
  • Maior qualidade do som;
  • Menor consumo de bateria;
  • Áudio 360°;
  • Assistente de voz (IA);
  • ‘Fitness Tracker’;
  • Melhor tecnologia Bluetooth;
  • Função de tradução (IA);
  • Autenticação biométrica de voz.

Percorra a galeria e veja as nossas sugestões de earbuds sem fios.

Xiaomi - €28,28 (Fnac)
ESR - €49,99 (Worten)
JBL - €77 (Media Markt)
Honor - €108 (Worten)
Samsung - €149 (Media Markt)
Sony - €249,99
TCL - Preço sob consulta
Ler 126 vezes Modificado em segunda, 14 outubro 2019 14:18
Sara Ribeiro

Redatora Principal

"Tomei o gosto pelas palavras bem cedo.
Encantada por todas as leituras e escritas que passaram e continuam a passar por mim, o meu percurso inevitável em Comunicação guiou-me até aqui.
Continuarei, para sempre, enamorada pelo poder da informação e pela liberdade que ela respira."