segunda, 14 outubro 2019 10:26

Erros no cabelo que a fazem parecer mais velha

Escrito por
Classifique este item
(0 votos)
Erros no cabelo que a fazem parecer mais velha Erros no cabelo que a fazem parecer mais velha

Cremes, maquilhagem e… cabelo. Sim, os cabelos conseguem dar um ar mais envelhecido. Saiba os erros que pode estar a cometer nos cuidados dos seus cabelos.

Gasta tempo e dinheiro nos mais diversos produtos de beleza e produtos antienvelhecimento, mas ainda assim acha que parece mais velha do que é? Está na hora de olhar para o seu cabelo.

Uma vez que o cabelo contribui para a nossa aparência exterior, ele também desempenha um papel importante na idade que aparentamos. Cabelos mal tratados e desaquados podem facilmente dar-lhe mais 10 anos do que na realidade tem.

Não é verdade, é o que está a pensar. Mas, infelizmente, é bem verdade.

Um cabelo bem cuidado, adequado a si, salienta as suas melhores feições e suaviza as imperfeições, enquanto que um cabelo mal tratado e desadequado pode destruir até a melhor aparência e destacar o que é indesejado. Escolha as melhores características capilares para si, para os seus cabelos trabalharem a seu favor e não contra.

Saiba os erros mais comuns que as pessoas cometem nos seus cabelos que acabam por desfavorecê-las e dar um ar mais velho.

Erros capilares que a envelhecem

Desde a cor do cabelo ao penteado, a sua majestosa juba contribui para a idade que aparenta.

Comprimento

Seja por ser comprido demais ou curto demais, o comprimento dos seus cabelos desempenha um papel importante.

Se o seu cabelo é saudável e abundante, não precisa de o cortar só por achar que se adequa mais à sua idade. Mas se quiser os cabelos curtos, dê-lhe um ar mais desgrenhado. É mais moderno e a manutenção muito mais fácil.

Não obstante, um cabelo comprido demais dá a sensação que é puxado para baixo e as suas feições parecem ir com ele. Isto é chamado o “anti-facelift”. E o pior é mesmo ter o cabelo comprido sem nenhum tipo de forma e um risco ao meio. Fuja disso.

Para manter um certo comprimento, aposte num corte até à zona por baixo da clavícula, com formas assimétricas uma vez que estas desviam a atenção das rugas e ajudam a dar uma aparência mais jovem. Até porque o cabelo, com a idade, vai ficando mais frágil e fino.

Um cabelo muito comprido, nomeadamente se for liso, endurece as feições e destaca as linhas e rugas na pele: mantenha-o sedoso, dê-lhe umas ondas e um pouco de volume para evitar este resultado e criar a aparência de uma cara mais jovem e preenchida.

Cortes de cabelo mais curtos à frente do que atrás fazem, normalmente, aparentar mais idade. De qualquer modo, o comprimento acaba por ficar em segundo plano se tiver um corte com profundidade e camadas.

Corte

Um corte extremo é muitas vezes o suficiente para aniquilar todo o seu esforço antienvelhecimento. Aliás, os cabeleireiros consideram-no equivalente a usar maquilhagem demais.

Procure, por exemplo, fotografias de celebridades da sua idade e veja que cortes e cores prefere.

As franjas também a podem ajudar a parecer mais nova. Em frente ao espelho, tape a testa com mão e depois tire-a, como se gosta mais de ver? Mas atenção: as franjas devem ser cheias, e devem chegar ao centro das sobrancelhas. Por outro lado, pode optar por uma franja mais longa e para o lado.

Com a idade, o preenchimento da cara é reduzido e a face torna-se mais angular, portanto, qualquer corte que acentue esses ângulos, vai ter um efeito envelhecedor. Um corte estilo bob, perto da linha do maxilar, sem camadas, produz esse mesmo efeito.

Prefira um lob, isto é, um long bob, em camadas. Este fica ligeiramente abaixo da linha do maxilar e vai fazer com que a face pareça mais preenchida e, consequentemente, fazê-la parecer mais nova.

Penteados Lob

Cor

No que toca à cor, há dois problemas que são os mais comuns: o cabelo é claro ou escuro demais.

As cores muito escuras contra um couro cabeludo claro fazem com que o desbaste do cabelo seja mais proeminente. Ainda, projectam sombras na pele fazendo com que as rugas se destaquem.

Por outro lado, as clores muito claras, ou da mesma cor que a sua tez, podem dar um ar meio deslavado. Um pouco de contraste ajuda a dar à pele um brilho mais saudável.

Uma cor sólida, da raiz às pontas, dá um ar um pouco áspero a partir de uma certa idade, portanto, o segredo para a cor dos cabelos é a suavidade dos múltiplos tons.

Os castanhos devem ser ricos e achocolatados, os vermelhos e cobres de cor profunda mas não demasiado escuros, e os dourados devem ser quentes e sofisticados, não amarelados.

Lembre-se que as cores escuras evidenciam as raízes brancas bem mais depressa que as cores mais claras.

Mas, no fundo, o que deve fazer é aliar a cor do cabelo à tonalidade da pele para uma boa harmonia.

Cuidados

Com a idade o cabelo vai perdendo o brilho e fica com um aspeto mais grosseiro e seco.

Cuide do seu cabelo, assim como do seu couro cabeludo. Escolha, para isso, os produtos capilares certos para si.

Outras dicas

Vá mudando e modernizando o seu look.

Evite penteados com o cabelo puxado para trás uma vez que evidenciam a linha de crescimento do cabelo que vai ficando menos vívida com a idade. Este tipo de penteados ainda salientam as imperfeições da sua pele. Aposte em penteados que emolduram a sua cara.

Um pouco de volume fica bem e pode oferecer um ar moderno e elegante, contudo, volume a mais contribui para um aspeto mais velho.

Cuidado com os acessórios, prefira os simples que combinem com a cor do seu cabelo.

O uso regular de equipamentos como secadores e alisadores de cabelo danificam e secam os cabelos, por isso utilize produtos que protegem os fios de cabelo.

Conheça também as causas da queda de cabelo e como prevenir.

Ler 48 vezes Modificado em segunda, 14 outubro 2019 13:28
Sara Ribeiro

Redatora Principal

"Tomei o gosto pelas palavras bem cedo.
Encantada por todas as leituras e escritas que passaram e continuam a passar por mim, o meu percurso inevitável em Comunicação guiou-me até aqui.
Continuarei, para sempre, enamorada pelo poder da informação e pela liberdade que ela respira."