quinta, 14 novembro 2019 15:23

Erros que pode estar a cometer com o corretor de olheiras

Escrito por
Classifique este item
(1 Vote)
Os erros que pode estar a cometer com o corretor de olheiras Os erros que pode estar a cometer com o corretor de olheiras

A solução cosmética para disfarçar as olheiras, quando mal aplicada, pode piorar a situação em vez de a melhorar.

Os corretores de olheiras são um must na bolsa de maquilhagem de muitas mulheres.

Um pouco de corretor e as olheiras praticamente desaparecem, mas quando se exagera na quantidade, o resultado é tudo menos positivo e a zona das olheiras acaba por ficar saliente.

Verdade seja dita, o corretor de olheiras não é o produto de maquilhagem mais fácil de aplicar.

Desde as quantidades erradas à tonalidade incorreta, quase todas nós acabamos por cometer alguns erros quando aplicamos o corretor.

Evite estes erros comuns para que não se note que está a esconder aquele escurinho debaixo dos olhos.

Preparação fraca da zona

A pele ao redor dos olhos é uma das zonas mais sensíveis do rosto.

É fundamental hidratá-la de manhã e à noite com um creme adequado. Este vai hidratar e nutrir a pele, ajudar a diminuir imperfeições e linhas de expressão e rugas.

Para além disso, esta rotina diária garante que o corretor consiga ser espalhado facilmente e não se acumule nas pequenas dobras, evitando que estas se destaquem.

Más escolhas de produto

Há os chamados corretores, e depois há os corretores de olheiras.

Para disfarçar as olheiras, o melhor é mesmo utilizar um corretor próprio, como um corretor de olheiras, não um outro qualquer para manchas do rosto, por exemplo.

Estes são, regra geral, mais líquidos, enquanto os outros são mais cremosos com uma maior tendência a endurecer e a criar linhas, o que não é ideal para a área dos olhos.

Cor desapropriada

A cor do corretor de olheiras deve ser um tom mais claro que a sua pele do rosto, mas não mais que um tom. Caso contrário, vai chamar a atenção para essa mesma zona.

Pode também esquecer os corretores verdes. Várias maquilhadoras profissionais dizem que o verde não neutraliza a cor vermelha. Pelos vistos, isso só acontece mesmo nas fotografias, mas na luz natural, o verde é sempre visível e só torna a mancha ainda mais aparente.

Também os corretores que iluminam devem ser postos de lado. A luz refletida chama atenção para a zona e para os círculos negros. Lembre-se que os corretores são para corrigir, não iluminar.

Momento da aplicação

Aplicar o corretor de olheiras antes da base é o erro mais comum.

Uma camada fina de base vai, por si mesma, disfarçar a maior parte das manchas e imperfeições que quer esconder. Portanto, aplicar a base antes do corretor vai fazer com que necessite de menos quantidade, disfarçando apenas o que a base não conseguiu, evitando o erro mencionado anteriormente.

Para além disso, se colocar a base depois do corretor, o mais provável é estragar a aplicação do corretor. O que deve fazer é aplicar o corretor depois da base ter sido bem absorvida pela pele e antes de colocar a maquilhagem para os olhos, como a sombra e o rímel.

Modo de aplicação

Como já foi referido, a zona ao redor dos olhos é a mais sensível do seu rosto. Aplicar um produto diretamente com os seus dedos não é a melhor maneira de o fazer.

Para além disso, ao utilizar os dedos, acaba também por ter de usar mais produto uma vez que a pele dos dedos absorve um pouco.

Para evitar agressão à pele e para poupar produto, coloque um pouco do corretor na mão e utilize uma esponja ou um pincel próprio para o aplicar.

Utilize o dedo apenas se for necessário limar o acabamento. Pressione levemente, sem esfregar, de um canto do olho ao outro, nos dois olhos.

Quantidade exagerada

Uma quantidade excessiva de corretor de olheiras resulta no destaque daquilo que quer esconder.

Para evitar contornos visíveis, comece com uma quantidade pequena do produto e concentre-se em espalhá-lo bem pelas zonas que quer disfarçar. Caso precise de mais, coloque um pouco mais, fazendo camadas finas.

Também deve evitar os corretores de textura muito grossa. Opte por aqueles mais líquidos ou adicione umas gotas de creme hidratante ao corretor que vai aplicar.

Ponto de vista

Olhar de frente para o espelho serve para muitas coisas, mas não para aplicar o corretor.

O melhor é pegar num espelho e inclinar a cabeça um pouco para baixo para ter uma melhor ideia do sítio onde as sombras que ficam sob os olhos acabam por estar.

Formato

Quem nunca pôs o corretor de olheiras no formato de um sorriso?

Mas a melhor forma é utilizar um triângulo invertido. Faça um ponto de cada lado do olho e um terceiro no centro destes, ligeiramente mais abaixo. Espalhe bem com movimentos ascendentes, o verdadeiro segredo para uma cobertura uniforme e natural.

Zonas esquecidas

Enquanto o corretor de olheiras é aplicado na zona debaixo dos olhos, como deve ser, ele também pode ser aplicado nas pálpebras. Isto ajuda com qualquer descoloração presente, mas também facilita a aderência da sombra aplicada.

Quando aplicado nos lábios, faz com que o batom seja mais fiel ao seu tom.

Não usá-lo quando deve

Já lhe aconteceu borratar o lápis de olhos que acabou de colocar e a sua reação foi recomeçar tudo do início? Resista a essa tentação daqui para a frente e use um corretor.

Com um pincel adequado, basta esconder a mancha com o corretor, sem qualquer necessidade de ter de fazer tudo de novo.

Ler 139 vezes Modificado em quinta, 14 novembro 2019 15:40
Sara Ribeiro

Redatora Principal

"Tomei o gosto pelas palavras bem cedo.
Encantada por todas as leituras e escritas que passaram e continuam a passar por mim, o meu percurso inevitável em Comunicação guiou-me até aqui.
Continuarei, para sempre, enamorada pelo poder da informação e pela liberdade que ela respira."