terça, 12 novembro 2019 11:05

Estes são os seus medos de acordo com o seu signo do zodíaco

Escrito por
Classifique este item
(1 Vote)
Estes são os seus medos de acordo com o seu signo do zodíaco Estes são os seus medos de acordo com o seu signo do zodíaco © IPATOV/SHUTTERSTOCK

Faça frente aos seus maiores medos e não se deixe dominar por eles.

Todos nós temos os nossos próprios medos e fobias. Estou a pensar em aranhas, cobras, espaços pequenos…

Mas indo um pouco mais fundo na questão, há aquela coisa que, mesmo no nosso subconsciente, provavelmente nos assusta mais do que qualquer coisa.

No mundo da astrologia, cada signo do zodíaco tem os seus maiores medos característicos.

Mas independentemente do seu signo, faça por tornar os seus pontos fracos nos seus pontos fortes e use os seus maiores medos para o seu benefício.

Se tiver coragem prossiga a leitura e saiba quais os maiores medos de cada signo do zodíaco.

Carneiro

Desprezam que lhes digam o que fazer.

Eles gostam de ser os líderes, os alfas, portanto, um dos seus maiores medos é ter alguém que questione a sua autoridade ou as suas habilidades.

Receiam fracassar e estar errados ou que alguém lhes diga o que fazer. Possuem pouca tolerância para a ambiguidade, sendo muito concisos e claros. Se alguém os faz duvidar deles mesmos, a sua confiança e sensação de poder pode cair por terra.

Para além do medo de perder uma luta, para a qual eles se atiram para ganhar, os carneiros têm medo de perder os seus amigos; pena que só dão conta disso depois de terem feito de tudo para ganhar a luta.

Os carneiros podem usar estes medos para entender que estar correto 100% das vezes não é o mais importante.

Touro

Não suportam o caos.

Os touros são pessoas pragmáticas e habilidosas que fazem de tudo para sobreviver. São habilidosos quando se trata das suas finanças e temem situações inesperadas que possam interferir com a sua sua situação financeira ou a capacidade de perseguir os seus sonhos.

Enquanto outros signos preferem arriscar, os touros preferem caminhar em chão firme. A quebra na sua rotina estável é como um murro no estômago. Eles pedem ordem e estabilidade, financeira e não só, porque vêem as mudanças como confusas e aterrorizantes.

Podem recear tomar riscos para atingir os seus sonhos e o sucesso financeiro, mas se aprenderem a confiar no seu instinto, esses medos não serão tão debilitantes.

Gémeos

Desdenham monotonia.

Apesar dos seus já conhecidos extremos, o tédio é o medo inerte ao signo Gémeos. Uma rotina monótona é o pior que lhes pode acontecer. Uma vida calma é uma prisão para eles uma vez que receiam o silêncio e inércia.

É um signo que possui uma curiosidade extrema e gosta de estar em movimento, em constante aprendizagem e de usufruir de novas experiências e, quando presos, ficam impacientes e deprimidos.

Gémeos têm de perceber que períodos de calma e reflexão também são fundamentais na vida e podem levar a um crescimento mais profundo e significativo.

Caranguejo

Receiam o abandono.

Mesmo os mais independentes dos caranguejos têm uma necessidade inerte de estarem rodeados de pessoas. Não só porque gostam da companhia da família e dos amigos, mas principalmente porque temem estar sozinhos.

Pensar em não ter sucesso nas suas relações pessoais ou não ter um grupo de amigos próximos é inaceitável.

São extremamente ligados à sua zona de conforto, onde ninguém os pode magoar, contribuindo, por vezes, para o seu próprio isolamento.

Está na altura de este signo perceber que é preciso sair da sua zona de conforto e que estar sozinho, sem companhia, não quer dizer que não tenha amor na sua vida.

Leão

Têm medo de não ser amados.

Confiantes e autênticos, gostam de ser o centro das atenções e adoram os elogios, querendo mais que tudo serem amados pelo que são.

O maior medo deste signo é confrontar-se e não gostar de si mesmo, criando a nuvem da dúvida “se eu não gosto de mim, quem vai gostar?”. Desiludir as pessoas, sentir que elas não o apreciam ou não lhe dão valor, deixam-no deprimido.

Se os leões reconhecerem que não precisam de outras pessoas para os validarem, assim como às suas ações, aceitando as rejeições, eles podem prosperar.

Virgem

Temem não ser dignos.

Perfecionistas em todos os aspetos da vida, incluindo relações pessoais e profissionais, sentem a necessidade de controlar tudo à sua volta.

Receiam falhar e sentir que não são bons o suficiente, não aceitando bem a rejeição. Eles definem-se a si mesmos de acordo com o que atingem e se este signo não viver de acordo com as suas expetativas pessoais, pode sucumbir à ansiedade. Podem recear imperfeição externa, mas o seu maior medo são as suas próprias imperfeições internas.

O signo Virgem tem de ter consciência que, nesta vida, é mais importante ser do que fazer. Centrar-se mais no desenvolvimento pessoal do que propriamente nos objetivos exteriores é um bom primeiro passo.

Balança

O seu maior medo é a solidão.

A balança prospera no equilíbrio e tende para esse mesmo equilíbrio. Qualquer coisa que ameace este estado é um motivo para ter medo. A Balança teme, portanto, extremos, sendo o signo da diplomacia.

Contudo, o maior medo deste signo é passar a sua vida sozinho. Ele acredita piamente em parcerias uma vez que o que consegue atingir com outros é muito mais do que o que consegue atingir sozinho. São pessoas extremamente apaixonadas e amorosas, ótimos parceiros românticos.

Contudo, têm de se aperceber que a vida passa por constantes mudanças, com altos e baixos, e o estado de conforto, equilíbrio e paz, não é sempre atingível. Por outro lado, as mudanças são experiências de aprendizagem.

Escorpião

Receiam intimidade.

Os escorpiões são misteriosos e privados. Temem ser expostos completamente uma vez que dentro de cada escorpião está uma certa escuridão, um ‘dark passenger’, que se sobrepõe a eles próprios. São os signos mais negros do zodíaco já que não têm medo de partir à descoberta dessa mesma escuridão – deles ou de outros.

Apesar de sentirem profundamente as coisas, não gostam de partilhar esses sentimentos e pensamentos com outros com medo de serem incompreendidos. Têm medo que os outros eventualmente os deixem ou de perder a sua individualidade numa relação.

Deste modo, eles puxam as pessoas para si para as eventualmente afastar.

Para crescer e ultrapassar estes receios, eles têm de se aperceber que é possível relacionar-se com as experiências das outras pessoas.

Sagitário

Não querem uma vida calma.

Não gostam de ser controlados e, como rebeldes, não gostam de seguir as regras nem que alguém se ponha no seu caminho. Receiam que alguém ou algo interfira com a realização dos seus sonhos.

A perda da liberdade e da aventura, tão essenciais para eles, são os seus piores medos.

É importante apreciarem a vida, a sua terra natal e a cultura local.

Capricórnio

Temem o potencial desperdiçado.

Acima de tudo, este signo tem medo de uma falta de conquistas e sucesso, já que a sua vida está intimamente ligada ao desempenho profissional.

Eles não querem ser mais uma peça na engrenagem, eles querem comandá-la.

Contudo, o medo de não suceder pode, por vezes, ser um impedimento de ir à procura do que querem.

Os capricórnios têm de aprender que o seu valor não vem apenas da sua vida profissional.

Aquário

Receiam ser excluídos.

Não apreciam regras e temem compromissos sérios. Tomam as suas próprias decisões e a solidão deixa-os felizes.

Não querem ser mais uma ovelha do rebanho. Querem destacar-se e ser conhecidos pela sua individualidade, temendo ser como qualquer outra pessoa e não fazer diferença no mundo.

Este medo pode ser deitado abaixo quando as pessoas deste signo se aperceberem que já são diferentes. Esta diferença é uma extensão e expressão natural da sua própria criatividade.

Peixes

O seu medo é a realidade.

Para os verdadeiros idealistas do zodíaco, a realidade pode ser um dos maiores factores de medo.

As responsabilidades e o receio das suas ideias e criatividade serem suprimidos, num mundo que muitas vezes parece frio e calculista, podem ser sentimentos esmagadores.

É um signo sensível e intuitivo que deve lutar contra toda a negatividade e medos. No fundo, são eles que iluminam o dia de alguém.

Ler 182 vezes Modificado em terça, 12 novembro 2019 11:58
Sara Ribeiro

Redatora Principal

"Tomei o gosto pelas palavras bem cedo.
Encantada por todas as leituras e escritas que passaram e continuam a passar por mim, o meu percurso inevitável em Comunicação guiou-me até aqui.
Continuarei, para sempre, enamorada pelo poder da informação e pela liberdade que ela respira."