quinta, 09 janeiro 2020 12:31

Exponoivos regressa para mais duas feiras em janeiro

Escrito por
Classifique este item
(1 Vote)
Exponoivos regressa para mais duas feiras em janeiro Exponoivos regressa para mais duas feiras em janeiro

A maior feira do país dedicada ao casamento chega a Lisboa e ao Porto e há descontos na entrada.

O evento acontece em Lisboa, já este fim de semana,  11 e 12 de janeiro. A cidade do Porto recebe a Exponoivos uma semana depois, nos dias 18 e 19 de janeiro.

É a 26ª edição da Exponoivos que mais uma vez reúne um espaço recheado de tudo o que os noivos precisam para organizar um casamento de sonho.

Marcam presença 250 empresas especializadas em cerimónias e 40 serviços dedicados ao casamento, como, por exemplo, propostas de hotéis, destinos de lua de mel, empresas de fotografia e vídeo, espaços para a festa, transportes, música, entre muitas outras.

Para além disso, a programação inclui desfiles de moda e sugestões de looks. Também há espaço para a beleza, com propostas de cabelos e maquilhagem.

A feira instala-se na capital no Centro de Congressos de Lisboa, e na Invicta, na Exponor - Pavilhão 5. Ambos os locais vendem os bilhetes individuais a 9€. Contudo, pode aproveitar a promoção disponível até 10 de janeiro às 23h00, preenchendo um formulário no site da Exponoivos. A inscrição permite usufruir de um desconto de 50% na compra de um segundo bilhete. Os dois bilhetes ficam pelo preço de 13.50€.

Para conhecer toda a programação e comprar os seus bilhetes visite a página da Exponoivos.

Horário Exponoivos Lisboa

Sábado e domingo, 11 e 12 de janeiro | 11h00 às 20h00

Horário Exponoivos Porto

Sábado e domingo, 18 e 19 de janeiro | 11h00 às 20h00

Ler 100 vezes Modificado em quinta, 09 janeiro 2020 12:54
Sara Ribeiro

Redatora Principal

"Tomei o gosto pelas palavras bem cedo.
Encantada por todas as leituras e escritas que passaram e continuam a passar por mim, o meu percurso inevitável em Comunicação guiou-me até aqui.
Continuarei, para sempre, enamorada pelo poder da informação e pela liberdade que ela respira."