O vitral baseado nos padrões da azulejaria portuguesa construído no domingo, 2 de junho, por emigrantes e lusodescendentes a residir no bairro do Soho vai ficar exposto, em permanência, no Consulado Geral de Portugal em Nova Iorque.

Publicado em Sociedade