Os líderes das principais instituições da União Europeia e do futebol francês manifestaram hoje a sua solidariedade com França na sequência do incêndio na catedral de Notre-Dame, em Paris, e a vontade de participar nos esforços de reconstrução do monumento gótico.

Publicado em Sociedade