sábado, 05 outubro 2019 09:00

6 maneiras de remover o verniz sem acetona

Escrito por
Classifique este item
(1 Vote)
6 maneiras de remover o verniz sem acetona 6 maneiras de remover o verniz sem acetona

Conheça as técnicas que pode usar para substituir a acetona como removedor de verniz.

Umas mãozinhas com unhas maravilhosamente pintadas não duram para sempre.

O verniz vai lascando o que, sejamos sinceras, estraga qualquer look.

Esqueça tirar o verniz com as unhas ou pinças ou qualquer outro objeto. Isto seca as unhas e pode, inclusive, criar pequenos arranhões .

Se está a passar por um destes momentos em que quer tirar o verniz das unhas mas não pode porque não tem acetona, não desespere, as suas unhas não têm de ficar com o verniz lascado.

Juntámos o conhecimento e sabedoria de quem já passou pelo mesmo e damos-lhe a conhecer 6 alternativas DIY para tirar o verniz das unhas.

Como remover o verniz sem acetona

Lembre-se que estas são técnicas alternativas. Elas não são tão eficazes como os produtos próprios para o efeito, portanto, podem levar mais que uma tentativa; repita até conseguir retirar o verniz.

Produtos com álcool

Quanto maior o coeficiente de álcool do produto, melhor os resultados obtidos.

Experimente, por exemplo:

  • Perfume;
  • Laca;
  • Desodorizante de spray;
  • Desinfetante.

Mergulhe as unhas em água morna por cerca de 5 minutos.

Molhe uma bola de algodão com um dos produtos mencionados e esfregue nas unhas para retirar o verniz.

Quando terminar aplique um hidratante.

Limão

O limão já é usado nas manicures. O ácido cítrico presente ajuda a remover o verniz das unhas.

Adicione um pouco de sabonete líquido a água morna e mergulhe as unhas nesta água durante 5 minutos.

Em seguida, esfregue uma fatia de limão nas unhas para ajudar a amolecer o verniz e fazer com que saia.

Devido à acidez do limão, aplique um hidratante nas mãos depois.

limo

Vinagre e Limão

Tal como o limão, o vinagre é ácido e ajuda a desintegrar o verniz. Junte os dois para um resultado ainda mais eficaz.

Se tiver os dois ingredientes, misture duas partes iguais de vinagre e sumo de limão. Caso contrário, faça apenas com vinagre.

Mergulhe as unhas em água morna durante 15 minutos.

Molhe uma bola de algodão com a mistura que fez, ou apenas no vinagre, e esfregue nas unhas.

Pode também molhar as unhas diretamente na mistura e depois usar o algodão para retirar o verniz.

Aplique hidratante em seguida.

Pasta de dentes

A pasta de dentes contém acetato de etila, também presente nos removedores de verniz.

Coloque um pouco de pasta de dentes nas unhas e, com a ajuda de uma escova de dentes antiga, esfregue.

Verniz das unhas

Pode parecer esquisito mas a verdade é que o verniz pode ajudar a remover verniz.

O verniz seca quando os seus componentes endurecem com a exposição ao ar. Se reaplicar o verniz, esses mesmos componentes vão enfraquecer o verniz.

Aplique uma camada de verniz nas unhas. Não use aqueles de secagem rápida.

Com um papel de cozinha, limpe imediatamente.

Se não sair à primeira, vá insistindo.

verniz

Água oxigenada

É um produto comum que muitas pessoas têm sempre em casa. Por libertar oxigénio naturalmente, ajuda a remover o verniz.

Utilize duas partes de água oxigenada para uma parte de água bem quente (o máximo que conseguir tolerar).

Mergulhe os dedos na solução aproximadamente 15 minutos enquanto vai esfregando suavemente as unhas para tirar o verniz.

Retire os restos com, por exemplo, uma lima, mas muito suavemente para não prejudicar as unhas.

Imersão

Este método é para quem tem mais tempo para gastar ou simplesmente não tem mais nada à mão.

Coloque água quente numa taça, o mais quente possível que consiga tolerar.

Mergulhe os dedos na água durante 20 a 30 minutos.

Esfregue as unhas com um pano mais áspero e seco.

Tenha cuidado para não queimar os dedos na água quente.

 

Espreite os produtos de beleza bons e baratos que tem de conhecer.

Ler 126 vezes Modificado em segunda, 14 outubro 2019 13:58
Sara Ribeiro

Redatora Principal

"Tomei o gosto pelas palavras bem cedo.
Encantada por todas as leituras e escritas que passaram e continuam a passar por mim, o meu percurso inevitável em Comunicação guiou-me até aqui.
Continuarei, para sempre, enamorada pelo poder da informação e pela liberdade que ela respira."