quinta, 30 janeiro 2020 11:58

Mariza inicia em fevereiro digressão mundial de 20 anos de carreira

Escrito por
Classifique este item
(1 Vote)
Mariza inicia em fevereiro digressão mundial de 20 anos de carreira Mariza inicia em fevereiro digressão mundial de 20 anos de carreira

A fadista Mariza inicia em fevereiro, em Espanha, uma digressão mundial para celebrar os seus vinte anos de carreira, ao mesmo tempo que grava um novo álbum, dedicado a Amália Rodrigues.

A digressão arrancará a 3 de fevereiro em Sevilha e conta, para já, com vinte concertos até ao final do ano, com passagem pela Roménia, Áustria, Alemanha, Suíça, Estados Unidos, Países Baixos e França. A fadista andará em digressão numa altura em que estará a gravar um novo álbum, entre Lisboa e o Rio de Janeiro, com produção do violoncelista brasileiro Jaques Morelenbaum.

O novo trabalho discográfico será inteiramente preenchido com repertório de e interpretado por Amália Rodrigues, coincidindo com o centenário do nascimento da diva do fado. Mariza voltou a trabalhar com Jaques Morelenbaum, que produziu o álbum triplo-platinado Transparente e a acompanhou em vários espetáculos.

Desde o primeiro álbum, Fado em mim (2001), no qual cantou “Ó Gente da Minha Terra”, um poema de Amália Rodrigues, Mariza tem gravado temas criados pela fadista, como “Maria Lisboa”, “Primavera” e “Oiça lá ó Senhor Vinho”. O novo álbum, sucessor de Mariza (2018), sairá ainda este ano, referiu a promotora da cantora.

Mariza, 46 anos, é uma das mais internacionais e premiadas vozes do fado. Recentemente foi distinguida com o título de Mestre da Música Mediterrânea, pelo Berklee College of Music, de Boston (EUA).

Recebeu o Prémio BBC Radio 3, na categoria de Melhor Artista da Europa de World Music, o prémio da crítica alemã, Deutscheschalplatten Kritik (2003), assim como o European Border Breakers Award (2004), o Prémio Amália Internacional (2005) e a Medalha de Vermeil, da Sociedade de Artes Ciências e Letras de França (2008).

Ler 305 vezes