terça, 01 outubro 2019 11:21

Os benefícios da popular maçã

Escrito por
Classifique este item
(1 Vote)
Benefícios da maçã Benefícios da maçã

É indiscutível que a maçã é das frutas mais apreciadas que existem. Conheça os benefícios que pode colher com o consumo regular de maçãs.

Há mais de 7500 variedades de maçãs, todas elas únicas no seu sabor e todas elas com benefícios para si.

Na realidade, as maçãs ocupam sempre os primeiros lugares na lista de alimentos mais saudáveis de várias entidades de saúde.

Facilmente acessíveis durante todo o ano, as maçãs trazem vários benefícios já estudados para a sua saúde, bem como favorecem a perda de peso.

Para além da perda de peso, as maçãs promovem a saúde intestinal e ajudam a lutar contra doenças como diabetes, cancro e Alzheimer.

Os antioxidantes e fitonutrientes presentes lutam contra os danos dos radicais livres e os seus efeitos negativos, como o envelhecimento precoce.

A maçã, baixa em calorias, tem um conteúdo nutricional benéfico e rico em:

  • Pectina, fibra solúvel;
  • Hidratos de carbono;
  • Vitamina C, A, E e K, entre outras do complexo B;
  • Antioxidantes, como os polifenóis e flavonóides;
  • Potássio, cobre e manganês.

Ainda possui os componentes vegetais antioxidantes quercetina, catequina e ácido clorogénico.

Quercetina – tem propriedades anti-inflamatórias, antivirais, anticancerígenas e antidepressivas.

Catequina – estimula o cérebro a melhora as funções cerebrais e musculares.

Ácido clorogénico – diminui os níveis de açúcar no sangue e ajuda a perder peso.

Os investigadores acreditam que, para além da baixa quantidade de calorias, são os antioxidantes e a pectina presentes na maçã que ajudam a emagrecer. Para além disso, as maçãs possuem uma alta quantidade de fibra e água, promovendo a sensação de saciedade.

Um estudo realizado em mulheres com excesso de peso demonstrou que o grupo de mulheres que comiam maçãs, consumiam, no geral, menos calorias, chegando a perder cerca de 1 kg quando comparadas com as outras mulheres que comiam bolachas de aveia com a mesma quantidade de calorias e fibra.

Um outro estudo feito em ratos obesos revelou que aqueles que ingeriam maçãs e concentrado de sumo de maçã perderam mais peso e tinham menores níveis de colesterol, assim como de triglicerídeos.

A sua alta quantidade de fibra ajuda a diminuir os níveis de colesterol e a controlar os níveis de açúcar no sangue, assim como os polifenóis estão ligados a uma menor pressão arterial e a um menor risco de derrames. Um estudo revelou que o risco de morte de doenças cardiovasculares é 43% menor em mulheres que consomem maçãs regularmente, e 19% nos homens.

O consumo de uma maçã por dia foi relacionado a uma diminuição de 28% do risco de diabetes tipo 2. Isto deve-se, provavelmente, segundo os investigadores, à presença dos polifenóis e à sua ação antioxidante que ajudam a diminuir os níveis de açúcar no sangue e a desacelerar a digestão.

Beneficios da Maçã

As maçãs possuem também a fibra solúvel pectina que atua como um prebiótico, isto é, favorece e alimenta as  bactérias boas necessárias ao sistema digestivo. Estudos recentes sugerem que a pectina ajuda a lutar contra a obesidade, diabetes tipo 2 e doenças cardiovasculares.

Ainda, devido à presença dos antioxidantes, ajuda a proteger o corpo de danos oxidativos. As mulheres que comem maçãs têm um menor risco de ter asma. A casca da maçã contém quercetina, um flavonóide, que pode ajudar a regular o sistema imunitário e a reduzir inflamações.

Um outro estudo realizado em mulheres ligou o consumo de maçãs a um menor risco de cancro, nomeadamente 18% de cancro da mama, bem como a um menor risco de mortes relacionadas com cancro devido às suas propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias.

Estas propriedades também ajudam a promover a saúde óssea, incluindo a preservação da massa óssea que diminui com a idade.

Por outro lado, a maçã está relacionada à preservação de um neurotransmissor, a acetilcolina, que pode diminuir com a idade e cujos baixos níveis estão relacionados com a doença de Alzheimer. Um estudo feito sugeriu que o consumo de maçãs beneficia a saúde neurológica uma vez que protege os neurónios de danos, prevenindo a demência e outros distúrbios neurodegenerativos.

Não se esqueça: para colher o máximo dos benefícios das maçãs, coma-as com casca uma vez que esta contém metade da quantidade total de fibra e a maior parte dos polifenóis.

Pode comer as maçãs numa variedade de receitas, frias e quentes, sumos e bebidas.

Lembre-se ainda que as sementes das maçãs contêm cianeto, um veneno potente. Apesar de precisar de uma grande quantidade para ser fatal, o melhor é não consumir as sementes das maçãs.

As maçãs são também ácidas e, portanto, devem ser consumidas, preferencialmente, nas refeições em vez de serem utilizadas como um snack.

Conheça 5 formas fáceis de cozinhar maçãs.

Ler 253 vezes Modificado em segunda, 14 outubro 2019 14:06
Sara Ribeiro

Redatora Principal

"Tomei o gosto pelas palavras bem cedo.
Encantada por todas as leituras e escritas que passaram e continuam a passar por mim, o meu percurso inevitável em Comunicação guiou-me até aqui.
Continuarei, para sempre, enamorada pelo poder da informação e pela liberdade que ela respira."