quinta, 06 fevereiro 2020 10:47

O seu cérebro pode estar a interferir na sua vida sexual

Escrito por
Classifique este item
(2 votos)
Os fatores cerebrais que interferem na sua vida sexual Os fatores cerebrais que interferem na sua vida sexual

Afinal, o cérebro é considerado o maior órgão sexual do corpo humano.

É a partir do nosso cérebro que decidimos o que gostamos e o que odiamos, o que nos atrai ou nos repugna, o que nos estimula ou não.

Para além disso, é devido ao cérebro e aos seus circuitos neurais que se consegue atingir o clímax numa relação sexual.

Por isto mesmo, e ao contrário do que pode pensar, o cérebro é um importante órgão sexual do corpo humano.

Órgãos sexuais funcionais, níveis hormonais adequados e a capacidade de se excitar não garantem, por eles só, uma vida sexual boa. Há outros elementos, como os fatores cerebrais, podem estar a interferir na sua vida e relações sexuais.

De acordo com profissionais de saúde de Harvard, estes são os principais fatores cerebrais que podem estar a atrapalhar a sua vida sexual.

Ansiedade

Por vezes, uma pessoa pode ficar tão preocupada e ansiosa em relação ao seu desempenho sexual que pode atingir um ponto que, não só não consegue desfrutar do sexo, como deixa de o fazer.

Problemas na relação

Fatores como tensão ou distância emocional podem prejudicar a vida sexual de um casal. Questões alheias ao sexo, como, por exemplo, questões financeiras ou questões relacionadas com a educação dos filhos, podem estar na raiz de algum tipo de problema sexual.

Mas os especialistas advertem que o contário também acontece, isto é, uma questão sexual pode também prejudicar a relação diária do casal. 

Estilo de vida

A fadiga e o stress podem facilmente destruir o seu desejo sexual. E existem diversas fontes que dão origem a estes sentimentos: preocupações financeiras, problemas de saúde, questões familiares ou de trabalho, entre muitas outras.

Esta sobrecarga pode impedir que seja feita uma manutenção e um trabalho muitas vezes necessários em diversos aspetos da relação, sexuais ou não.

Atitude

A sua atitude em relação ao sexo também é importante. O desejo sexual acompanha uma pessoa ao longo da vida, contudo, fatores como a família e amigos, religião, e os próprios media, ajudam a moldar as suas atitudes em relação ao sexo. Para algumas pessoas, a história apoia uma relação saudável com o sexo; para outras, complica as relações sexuais.

Autoestima

Há diversas coisas que fazem com que uma pessoa se sinta menos sexy e descontente com o seu corpo. A idade, más dietas alimentares, queda de cabelo, entre outras, podem levar a que uma pessoa não se sinta desejada. Isto pode afetar a intimidade e resultar na inibição de iniciar ou responder a avanços sexuais.

Experimente estes jogos para apimentar a relação.

Ler 110 vezes Modificado em quinta, 06 fevereiro 2020 15:03