sexta, 20 dezembro 2019 11:04

Os hábitos que interferem com o seu metabolismo

Escrito por
Classifique este item
(1 Vote)
Os hábitos que interferem com o seu metabolismo Os hábitos que interferem com o seu metabolismo

E que podem estar a influenciar o seu peso.

Em primeiro lugar, entenda-se o que é o metabolismo. O metabolismo refere-se às reações químicas e aos processos que ocorrem no corpo que o recarregam com energia e o ajudam a manter vivo.

Pode ver o metabolismo como uma espécie de fornalha do organismo: ele queima o combustível (calorias) a uma taxa em constante mudança, ajudando a digerir os alimentos enquanto fornece nutrientes para os músculos e células.

E, embora seja verdade que muitos fatores que influenciam o nosso metabolismo – idade, sexo e predisposição genética –, estão fora do nosso controlo, este não é apenas controlado por estes elementos. E também não chega estar só atenta ao que come e à frequência que treina.

Os seus hábitos diários, mesmo aqueles que nem imagina estarem relacionados ao seu peso, podem causar alterações no metabolismo. Por seu lado, estas alterações podem provocar uma desaceleração no metabolismo que leva a uma menor queima de calorias ao longo do dia.

E onde pode levar isto? A uma acumulação de gordura e maior flacidez.

Portanto, evite estes erros e desfaça-se dos maus hábitos para ter o seu metabolismo sempre a trabalhar como um profissional.

Sono insuficiente

O corpo conserva energia quando está fatigado, logo, não ter o tempo de sono apropriado pode retardar significativamente o metabolismo e causar um maior armazenamento e acumulação de gordura.

Está, aliás, provado, que há uma ligação entre um metabolismo que funciona corretamente e um sono e descanso adequados.

Saiba qual é a melhor posição para dormir.

Consumo baixo de calorias

É normal para quem quer emagrecer cortar no número de calorias consumidas, contudo, o consumo de poucas calorias pode, na realidade, provocar o efeito oposto.

Isto porque o nosso corpo tem um mecanismo de sobrevivência que o permite cortar drasticamente no número de calorias que queima para se adaptar a períodos de consumo calórico baixo, como durante uma doença. E lembre-se que ele “agarra-se” a essas calorias, tornando muito difícil livrar-se delas.

Deste modo, se vai cortar calorias para emagrecer, faça-o gradualmente. Opte por uma dieta alimentar saudável, equilibrada, com proteína, gorduras saudáveis, hidratos de carbono complexos e muitos vegetais e frutas coloridos.

Falta de atividade física

Atividade Fisica

Muitas pessoas passam a maior parte do dia sentadas atrás de uma secretária. Enquanto isto propriamente dito não interfere no metabolismo, a falta de atividade física sim.

Estudos demonstraram que passar muito tempo sentada afeta o uso de glicose por parte do corpo e, consequentemente, a queima de calorias uma vez que os músculos não precisam de trabalhar tanto.

Para além disso, estar sentada por longos períodos de tempo pode levar a uma baixa sensibilidade à insulina.

Mesmo andar por pequenos períodos de tempo ao longo do dia (suba e desça as escadas em vez de utilizar o elevador, por exemplo) ajuda a evitar que a parte do metabolismo responsável pelo uso das calorias seja afetada.

Dietas ioiô

A única coisa potencialmente pior para o seu metabolismo do que consumir poucas calorias são as dietas ioiô.

Isto pode levar a um estado catabólico que causa alterações hormonais e celulares, que aumentam a fome e a sede, além de reduzir a capacidade de queima de gordura e o crescimento muscular.

Coma de forma consistente durante o dia, sem saltar nenhuma refeição.

Álcool

Quando consome álcool, os sistemas digestivo e de desintoxicação começam a trabalhar intensivamente para limpar o álcool do corpo.

Reduza a quantidade e frequência que consome álcool e, quando beber, evite a junk food.

Comida pouco picante

Para quem gosta de picante, um novo estudo descobriu que as pessoas que adicionaram malaguetas ao seu jantar, sentiram-se mais satisfeitas e comeram 30% menos quando comparadas com o grupo de controlo.

As malaguetas têm capsaicina que ajuda a estimular o metabolismo. Conheça todas as vantagens e desvantagens da comida picante.

Stress

Quando está stressada, o seu corpo produz um excesso da hormona cortisol. Um dos efeitos de grandes quantidades desta hormona é, geralmente, levar a comer demais.

Aposte em técnicas de relaxamento e alívio de stress, como o ioga, meditação ou caminhadas ao ar livre.

Produtos frescos não lavados

Lavagem Vegetais

Um estudo feito em 2012 relacionou os poluentes ambientais, como os pesticidas encontrados na fruta e nos vegetais, à obesidade e síndrome metabólico.

Os pesquisadores descobriram que, nas células em laboratório, os poluentes eram armazenados nos tecidos adiposos, onde causam inflamações e afetam  as vias que regulam o metabolismo.

Compre produtos orgânicos sempre que puder, corte as áreas danificadas e lave bem com água corrente.

Não lavar as mãos

Investigadores da Universidade do Lousiana descobriram uma ligação entre um vírus respiratório comum e obesidade. Este vírus em particular transformava células-tronco, ou células estaminais, em células adiposas.

Lembre-se de lavar as mãos com alguma frequência ou, pelo menos, sempre antes de cozinhar.

Comidas processadas

As comidas processadas podem perturbar o sistema digestivo, desacelerando-o e aumentando os danos dos radicais livres (a principal causa do envelhecimento).

O que acontece é que o corpo vê estes alimentos processados como toxina e, portanto, o seu consumo desencadeia a resposta de luta ou fuga do sistema imunitário, o que leva ao aumento da produção de hormonas do stress e diminui o funcionamento metabólico.

Hormonas

Alterações hormonais podem influenciar e alterar a utilização de energia do corpo.

Algumas condições da tiróide, assim como diabetes, são doenças hormonais que afetam o metabolismo.

Pouco cálcio

O corpo precisa de cálcio para mais do que apenas a saúde dos ossos. É um nutriente essencial para um metabolismo rápido, entre muitos outros benefícios.

Desidratação

Sem água, o metabolismo pode parar. Beber água ajuda a queimar energia, enche e estimula a perda de peso.

Beba água ao longo do dia e escolha alimentos ricos em água também. 

Ler 598 vezes Modificado em quarta, 25 março 2020 18:58
Sara Ribeiro

Redatora Principal

"Tomei o gosto pelas palavras bem cedo.
Encantada por todas as leituras e escritas que passaram e continuam a passar por mim, o meu percurso inevitável em Comunicação guiou-me até aqui.
Continuarei, para sempre, enamorada pelo poder da informação e pela liberdade que ela respira."