sexta, 14 fevereiro 2020 12:12

Podemos congelar manteiga?

Escrito por
Classifique este item
(2 votos)
Podemos congelar manteiga? Podemos congelar manteiga?

A manteiga é aquele “acessório” de cozinha que tem tantos usos diferentes que toda a gente tem um pacote em casa.

Tem capacidade de transformar o pão torrado e seco numa delícia (para não falar no pão quentinho acabado de fazer, hmmm…), pode ser usada para fritar bifes, legumes, ou dar aquele sabor extra ao esparguete.

Aliás, em sua casa usa tanta manteiga que a embalagem que costuma comprar acaba sempre mais rápido do que está à espera. Por isso mesmo, decidiu comprar aquele pacote de 30 quilos de manteiga que agora não sabe bem o que fazer com ele.

A solução não é comer manteiga a torto e a direito. Não, o melhor é mesmo congelar a manteiga.

Aliás, não só é possível congelar manteiga, como ela dura um ano inteiro no congelador, ao contrário dos cerca de quatro meses que dura no frigorífico.

Mas como congelar a manteiga?

Se ainda tiver na embalagem, por abrir, pode pô-la mesmo assim no congelador. Para maior proteção, coloque uma camada de papel de alumínio ao redor da embalagem ou coloque-a dentro de um saco próprio para congelador.

Para embalagens de manteiga já abertas, ou pedaços de manteiga, envolva em película aderente, seguida de papel de alumínio e, para finalizar e proteger ao máximo, um saco para congelar.

E como descongelar a manteiga?

Para descongelar a manteiga da melhor forma, retire-a das proteções que colocou e coloque-a no frigorífico e deixe-a descongelar durante a noite. Pode também deixá-la à temperatura ambiente.

Se não tem tanto tempo, pode colocá-la num prato e aquecer no microondas, idealmente na opção de descongelar.

Ler 577 vezes Modificado em quarta, 18 março 2020 19:20
Sara Ribeiro

Redatora Principal

"Tomei o gosto pelas palavras bem cedo.
Encantada por todas as leituras e escritas que passaram e continuam a passar por mim, o meu percurso inevitável em Comunicação guiou-me até aqui.
Continuarei, para sempre, enamorada pelo poder da informação e pela liberdade que ela respira."