sexta, 08 novembro 2019 18:00

Porque deve tomar um banho de sal dos Himalaias

Escrito por
Classifique este item
(1 Vote)
Porque deve tomar um banho de sal dos Himalaias Porque deve tomar um banho de sal dos Himalaias

Um banho relaxante que é bom para a sua saúde. Pode haver melhor razão para um banho de imersão?

O sal dos Himalais já cá anda há uns bons séculos e é bastante conhecido, nomeadamente na cozinha gourmet.

Mais recentemente, para além da gastronomia, tem vindo a ser utilizado em tratamentos de spa e até na decoração de casa.

A maior exploração deste sal encontra-se no Paquistão, onde estão situadas as minas de sal mais antigas do mundo. Oceanos antigos que acabaram enterrados, secaram e depositaram estes sais, tornando-os livres de interferências externas, como poluentes.

O sal dos Himalaias chega em vários tons, incluindo branco, rosa e laranja. Estas cores características são determinadas a partir do conteúdo mineral existente. Isto inclui cálcio, magnésio, potássio e ferro.

Na realidade, são estes nutrientes que conferem ao sal dos Himalaias as suas propriedades benéficas.

Benefícios do banho com Sal dos Himalaias

Dependendo do uso que lhe é dado, acredita-se que o sal dos Himalaias pode ajudar em quase tudo: desde condições respiratórias, como alergias e asma, a inflamações na pele, e, ainda, estimula a circulação, bem como alivia tensões e stress no corpo.

Saiba tudo o que um banho de sal dos Himalaias pode fazer por si e pelo seu bem-estar.

Acne, eczema e psoríase

O sal, devido à sua composição e propriedades antimicrobianas, ajuda a reduzir o acne no corpo e é ideal para chegar às zonas mais difíceis como as costas e os ombros.

Beneficia pessoas que sofrem de eczema ou psoríase já que também ajuda a aliviar as inflamações, reduzindo a vermelhidão, escamação da pele e irritação.

Magnésio

Um estudo revelou que  o magnésio pode entrar no sistema linfático através da pele e, como já foi referido, o sal dos Himalaias contém magnésio. Este mineral ajuda os músculos a contrair e a relaxar, sendo igualmente importante na regulação do sistema nervoso e a converter comida em energia.

Picadas de inseto

Um banho com sal dos Himalaias, em água morna, pode aliviar comichão e a diminuir o inchaço provocado pelas picadas de insetos.

Banho com Sal dos Himalaias

Toxinas

O sal ajuda a extrair as toxinas da pele e tecidos celulares.

Hidratação

A pele fica mais macia e suave, com uma camada protetora criada pelo sal.

Para além disso, um banho de imersão quentinho ajuda sempre a relaxar a mente e o corpo. Aliás, há estudos que demonstram que estes banhos têm benefícios mentais e físicos, como a redução da fadiga, ansiedade, stress e dor, assim como um aumento dos sentimentos de satisfação.

Como tudo na vida, também o banho de imersão com sal dos Himalaias pede moderação. Faça-o no máximo duas vezes por semana.

Como preparar o banho

Lave o corpo antes de mergulhar no banho. Não vai querer nada a poluir o banho de sal como restos de champô, loção corporal ou perfume. Desta forma, consegue obter o  máximo de benefícios.

Comece a encher a banheira com água morna, não quente. O objetivo é a água estar ligeiramente acima da temperatura corporal para estar confortável em vez de ficar cheia de calor e suar loucamente.

Despeje o sal dos Himalaias de acordo com as instruções da embalagem. Pode encontrar Sal dos Himalaias aqui.

Deixe os sais dissolver completamente à medida que a banheira vai enchendo. Moa o sal, ou compre sal já moído, uma vez que os grãos de sal de tamanho maior podem não se dissolver completamente no tempo que a banheira leva a encher.

Ponha a sua música preferida para relaxar e deixe as preocupações evaporarem. Tenha próximo de si um copo de água para se ir hidratando.

Saia lentamente do banho e seque-se.

Hidrate a pele e, por fim, diga olá a uma ótima noite de sono.

Um outro banho, ótimo para tratar outras condições de pele, é o banho de aveia. Saiba tudo sobre a aveia como produto de beleza.

Ler 169 vezes Modificado em sábado, 09 novembro 2019 13:15
Sara Ribeiro

Redatora Principal

"Tomei o gosto pelas palavras bem cedo.
Encantada por todas as leituras e escritas que passaram e continuam a passar por mim, o meu percurso inevitável em Comunicação guiou-me até aqui.
Continuarei, para sempre, enamorada pelo poder da informação e pela liberdade que ela respira."