sexta, 24 janeiro 2020 19:30

‘Sabores de Chaves’ volta com programa recheado de iguarias

Escrito por
Classifique este item
(2 votos)
‘Sabores de Chaves’ regressa com muitas iguarias ‘Sabores de Chaves’ regressa com muitas iguarias

Entre os dias 31 de janeiro e 2 de fevereiro, a cidade de Chaves dá a conhecer as suas especialidades gastronómicas.

Marque na sua agenda porque não vai querer perder a 15ª edição do ‘Sabores de Chaves’, com degustação e venda dos diversos produtos locais.

As iguarias incluem o já conhecido fumeiro, o presunto, o folar e os deliciosos pastéis de Chaves, entre muitas outras maravilhas da gastronomia da região Norte do país. E claro que não vão faltar os vinhos, pão, mel e compotas.

Também pelo segundo ano consecutivo, o Chef Cordeiro aceitou o desafio lançado pelo Município e apresenta-se como embaixador da gastronomia flaviense, como se pode ler no site da Câmara Municipal de Chaves.

No sábado, dia 1 de fevereiro, decorrerá um showcooking e, no dia seguinte, acontece o workshop temático ‘Conversas ao Fogão’, onde os alunos da Escola Profissional de Chaves vão também preparar algumas iguarias para degustação.

Destaque ainda para os vários workshops de cestaria e olaria que vão decorrer durante o evento.

A novidade deste ano é a criação de um “Cabaz Social”, dando continuidade à iniciativa “Mercado Mais Verde” que semanalmente ocorre no Mercado Local de Produtores. No final de cada dia do “Sabores de Chaves”, "os produtores aderentes à iniciativa serão convidados a doar alguns dos seus produtos excedentes para este Cabaz Social, que será entregue às duas instituições de acolhimento de crianças e jovens do concelho".

O programa inclui também a "apresentação do livro 'Reminiscências Cripto-Judaicas nas Alheiras Transmontanas', uma obra recentemente selecionada como o melhor livro em Portugal sobre o tema e que concorre este ano ao prémio de melhor livro do mundo sobre o tema da gastronomia e judaísmo pelos 'Gourmand Awards', os apelidados 'Óscares' dos livros de investigação gastronómica.

Esta “mostra do ‘"saber fazer ancestral'" decorre durante os dias 31 de janeiro, 1 e 2 de fevereiro e conta com a presença de 58 expositores, desde produtos alimentares a artesanato, assim como três restaurantes no espaço.

Durante o fim de semana decorre ainda mais uma edição dos “Fins de Semana Gastronómicos”, uma iniciativa organizada pela Entidade Regional do Turismo do Porto e Norte de Portugal, em parceria com o Município. Os 36 restaurantes aderentes ficam encarregues de destacar a gastronomia local numa ementa que será composta pelo Pastel de Chaves (Indicação Geográfica Protegida), Presunto, Feijoada à Transmontana e Rabanadas.

Programa Sabores de Chaves

Sexta, 31 de janeiro

Pavilhão Municipal de Chaves

14h00 - Abertura do Espaço de Exposição e Venda

14h30 - 12º Encontro Escolar de “Danças e Cantares Tradicionais”

16h00 - Showcooking “Mais novos ao Fogão”, com Filipe Ferreira

18h00 - Cerimónia de Abertura Oficial da Feira

21h30 - Concerto “Orxestra Pitagórica de Coimbra”

23h00 - Encerramento do Espaço de Exposição de Venda

 

Sábado, 1 de fevereiro

Pavilhão Municipal de Chaves

10h00 - Abertura do Espaço de Exposição e Venda

11h30 - Grupo de Concertinas do Monumento

14h30 - Ranchos Folclóricos da “Vila Medieval” de Santo Estêvão

15h30 - Showcooking “Conversas ao Fogão", com Chefe Cordeiro e Escola Profissional de Chaves

21h30 - Concerto “Susana Félix”

23h00 - Encerramento do Espaço de Exposição de Venda

Forte de S. Neutel

10h50 às 13h00 - Aqui Portugal RTP

14h30 às 20h00 - Aqui Portugal RTP

 

Sábado, 2 de fevereiro

Pavilhão Municipal de Chaves

10h00 - Abertura do Espaço de Exposição e Venda

14h30 - Rancho Folclórico dos Ases da Madalena

15h30 - Showcooking “Conversas ao Fogão”, com Chefe Cordeiro e Escola Profissional de Chaves

17h00 - Grupo de Danças e Cantares Regionais de Santo Estêvão

20h00 - Encerramento do Espaço de Exposição e Venda

Ler 371 vezes
Sara Ribeiro

Redatora Principal

"Tomei o gosto pelas palavras bem cedo.
Encantada por todas as leituras e escritas que passaram e continuam a passar por mim, o meu percurso inevitável em Comunicação guiou-me até aqui.
Continuarei, para sempre, enamorada pelo poder da informação e pela liberdade que ela respira."