terça, 24 março 2020 11:05

Telepizza disponibiliza serviço de entregas ao domicílio com “distanciamento social” entre clientes e distribuidores

Escrito por
Classifique este item
(1 Vote)

Seguindo as indicações das autoridades, a Telepizza mantém encerrados ao público todos os seus estabelecimentos em Portugal, como medida de prevenção e responsabilidade coletiva.

A marca mantém no entanto os seus serviços de take-away e entrega ao domicílio.

Para continuar a dar resposta a todas as solicitações e garantir a segurança de colaboradores e clientes, a Telepizza alterou os procedimentos do seu serviço de entregas ao domicílio, seguindo um estrito protocolo que reduz ao máximo as necessidades de contacto no momento de entrega.

O serviço de entrega ao domicílio da Telepizza, já em funcionamento, segue as seguintes regras obrigatórias:

  1. O cliente solicita o serviço por telefone, Web ou Appda Telepizza, idealmente fazendo o pagamento imediato através da Web ou App. Em alternativa ao pré-pagamento recomendado, existe a possibilidade do uso de multibanco (sempre que possível na modalidade contactless), cujo equipamento é desinfetado a cada novo pedido.
  2. Antes de realizar a entrega, o distribuidor desinfeta as mãosseguindo as normas recomendadas. Ao longo do serviço de entrega, o distribuidor estará sempre protegido com luvas e não retirará o seu capacete.
  1. Quando o distribuidor chega a casa do cliente, informa-o que o pedido já chegou.
  1. distribuidor não entrará no espaço privado do cliente, colocando o pedido na zona indicada e sempre sobre a caixa de pizza vazia. Assegura-se assim que os produtos não toquem no solo e evita-se o contacto direto com o cliente.
  1. Imediatamente o distribuidor afasta-se a uma distância mínima de dois metros e espera que o cliente recolha o pedido. Na impossibilidade de pré-pagamento, o distribuidor procede à cobrança do pedido mantendo a maior distância possível.
  1. Após o cliente recolher o produto e voltar para dentro de casa, o distribuidor recolhe a caixa vazia para a respetiva inutilização.

A implementação desta medida vem no seguimento da declaração do Estado de Emergência, para fazer face ao surto de COVID-19 em Portugal, indo ao encontro do apelo do Governo para que os estabelecimentos de restauração apenas se mantenham em funcionamento através dos serviços de take-away e de entrega ao domicílio. Trata-se de uma medida de segurança e prevenção alinhada com as indicações das autoridades de saúde que permanecerá ativa até que a situação o exija. Desta forma, a Telepizza poderá continuar a disponibilizar um serviço de entrega ao domicílio de forma segura, fomentando que os seus clientes permaneçam em casa.

A Telepizza agradece publicamente o trabalho de todos os seus colaboradores, dos funcionários dos serviços públicos e, em especial, dos profissionais de saúde e de segurança nesta situação excecional. Apelamos igualmente a todos os nossos clientes que permaneçam nas suas casas, salvo em casos de necessidade, para juntos superarmos esta situação o tão breve quanto possível.

Ler 323 vezes Modificado em terça, 24 março 2020 11:10