quarta, 03 julho 2019 10:29

Exercícios compostos e isolados: o que os difere e quais os melhores para ganhar massa muscular

Escrito por
Classifique este item
(1 Vote)

Na musculação, os movimentos podem ser divididos em exercícios compostos/multiarticulares e isolados/uniarticulares.

Os exercícios compostos são aqueles que recrutam mais de uma articulação e grupo muscular para serem executados. Estes movimentos resultam numa maior pressão e numa maior capacidade de carga e, portanto, mais força também, estimulando, deste modo, o crescimento do corpo como um todo, tornando-se os indicados para ganhos de massa muscular e para a construção de músculos. Além do mais, eles aumentam a produção natural de testosterona e da hormona do crescimento, garantindo um aumento de volume e massa.

Alguns exemplos de exercícios compostos: agachamentos, peso morto, e remada com barra.

Os exercícios isolados, por outro lado, uma vez que recrutam apenas um grupo muscular de cada vez, focam-se nos detalhes de músculos específicos, facilitando a prática de exercícios compostos, e melhoram a simetria, desequilíbrios e outros aspectos. Com estes exercícios consegue-se atingir um determinado músculo com mais precisão e trabalhar nele. Quem procura ganho de massa muscular deve evitar centrar-se neste tipo de exercícios.

Alguns exemplos de exercícios isolados: bícep curl, leg curl, calf raise.

Quer tudo isto dizer que o treino deve ser composto apenas por exercícios multiarticulares?

Apesar de inicialmente os exercícios compostos serem suficientes para estimular o crescimento dos músculos menores, conforme o crescimento muscular evolui, torna-se importante a prática de exercícios isolados.

Quando se treina unicamente com exercícios compostos várias vezes por semana, e lembre-se que estes recrutam vários músculos, acaba-se por queimar muito rapidamente os músculos. Não se esqueça que eles precisam de descanso para crescer.

Os exercícios compostos são considerados a base, já que são usados para treinar e sobrecarregar directamente os principais grupos musculares, o que ajuda a ganhar massa muscular e força. Já os exercícios isolados são incluídos para desenvolver grupos musculares específicos que são negligenciados pelos exercícios compostos, mas que contribuem para a sua aparência geral.

Nos exercícios isolados pode focar-se num determinado músculo, o que se torna essencial caso tenha, por exemplo, alguma lesão que impeça a prática de exercícios compostos. Estes exercícios são a melhor opção para treinar grupos musculares menores e específicos, sem afetar os grupos maiores.

Resumindo, tanto os exercícios compostos como os isolados têm o seu lugar num treino, ambos devem ser combinados para gerar os melhores resultados possíveis. Mas pode-se dizer que os exercícios compostos são ideais para ganho de massa muscular, força e tamanho, e os exercícios isolados para concentração em músculos específicos, na definição muscular ou como indicação para algum tipo de lesão.

Saiba quais os melhores exercícios para ganhar massa muscular.

Ler 65 vezes Modificado em quinta, 04 julho 2019 11:04
Sara Ribeiro

Redatora Principal

"Tomei o gosto pelas palavras bem cedo.
Encantada por todas as leituras e escritas que passaram e continuam a passar por mim, o meu percurso inevitável em Comunicação guiou-me até aqui.
Continuarei, para sempre, enamorada pelo poder da informação e pela liberdade que ela respira."