terça, 20 agosto 2019 14:28

Os três tipos de corpo: do treino à alimentação

Escrito por
Classifique este item
(0 votos)
Os três tipos de corpo e como os treinar e alimentar Os três tipos de corpo e como os treinar e alimentar

Sabia que o seu treino deve ser adequado ao seu tipo de corpo?

Pois, é verdade. O seu tipo de corpo influencia o treino que deve fazer e, por sua vez, o treino que faz influencia o seu corpo.

Encontra-se, atualmente, e de modo geral, uma divisão em três diferentes tipos de corpo.

Ele é predominantemente genético mas isso não significa que não o pode trabalhar e fazer uma pequena rasteira aos seus genes.

Não pode é contar com um milagre nem falsas esperanças. Não é possível ter o tipo de corpo ampulheta se tem uma estrutura física naturalmente mais reta e estreita, e vice-versa.

Contudo, com o treino físico e uma alimentação correta, há maneiras de tirar o máximo proveito do seu corpinho Danone.

Os diferentes tipos de corpo

Tipos de Corpo

A ideia de que os corpos humanos e os seus tipos são geneticamente pré-estabelecidos em não é nenhuma novidade.

Platão faz menciona o assunto em “A República”, escrita por volta de 380 aC, e o filósofo do século XIX Friedrich Nietzsche referiu-se à ideia no livro “O Anticristo”, anos antes do psicólogo americano William Sheldon popularizar as três categorias de corpo nos anos 40.

Desde que as conclusões de Sheldon foram publicadas, tornou-se amplamente reconhecido que a maioria das pessoas tem um tipo de corpo que cai numa das três categorias.

Existe, então, uma divisão atual em três tipos de corpo: ectomorfo, mesomorfo e endomorfo.

Mas não se preocupe, a divisão nestes três tipos de corpo são linhas gerais, ou seja, nem toda a gente se encaixa a 100% num tipo ou noutro. O mais provável é que um destes tipos de corpo seja o predominante.

Aprenda a treinar para o seu tipo de corpo

É, como já foi dito, importante treinar de acordo com o tipo de corpo que possui e, para isso, é preciso, conhecer os diferentes tipos de corpo que existem e as suas características definidoras.

Ectomorfo

Ectomorfo

O corpo ectomorfo é naturalmente fino, com quadris e ombros estreitos, gordura corporal muito baixa, e braços e pernas finos.

Já ouviu alguém dizer: “Não importa o que eu como, não consigo engordar”?.

Os ectomorfos processam facilmente os carboidratos em energia e o seu metabolismo acelerado leva a uma perda fácil da gordura.

Pois, ao contrário do que a maior parte das pessoas acredita, nem toda a gente quer emagrecer.

Existem os renegados que não só têm grande dificuldade em ganhar peso, como vêm-se aflitos para ganhar músculo.

E não, não basta dizer “come mais”. Porque, neste caso, ao contrário, também a resposta “come menos” é válida.

Para se tornar mais musculoso, você precisa manter as sessões de cardio a um mínimo e se concentrar em exercícios intensos usando exercícios compostos para maximizar a liberação do hormônio do crescimento. Você também precisará consumir cerca de 3.000 calorias por dia, incluindo muitos carboidratos ricos em amido e proteína de soro de leite, possivelmente a partir de um suplemento.

Treino de força e cardio para o ectomorfo

Cardio em percentagem mínima com caminhadas e passeios moderados e rápidos;

Incorporar exercícios compostos com pesos, assim como um maior descanso entre as séries, bem como entre os exercícios;

Fazer 5 a 10 repetições e 6 a 8 séries por exercício;

Treinar apenas 1 a 2 partes do corpo por dia, evitando gastos energéticos excessivos.

Deve fazer 3 dias de treino de força, intercalados com 2 dias de cardio de baixa intensidade.

Alimentação para o ectomorfo

Uma dieta rica em calorias, carboidratos, proteína e gordura é um passo fundamental na procura de ganho de massa muscular e peso.

O que fazer: treinar com exercícios compostos e utilizar os exercícios isolados como finalizadores; consumir proteína em quantidade suficiente e adequada; colocar em segundo plano os exercícios isolados e cardio.

Mesomorfo

Mesomorfo

Pode-se dizer que é uma espécie de intermédio entre o ectomorfo e o endomorfo.

Com um metabolismo acelerado, ganham músculo rápida e facilmente, tendo o corpo ideal para musculação.

A gordura corporal costuma ser baixa e os ombros largos com uma cintura mais estreita.

Normalmente, devido a estas características os mesomorfos acabam por negligenciar o treino físico e a alimentação.

Treino para o mesomorfo

Treino com exercícios básicos compostos, como, por exemplo, agachamentos e lunges com pesos pesados, seguidos de exercícios isolados com pesos moderados e leves;

Fazer 8 a 12 repetições para cada exercício.

Incorporar 3 dias de cardio por semana, entre 15 a 30 minutos.

Alimentação para o mesomorfo

Uma dieta equilibrada e saudável, dividida nos hidratos de carbono, proteína e gorduras saudáveis.

O que fazer: treinar e alimentar-se adequadamente.

Endomorfo

Endomorfo

É um corpo mais redondo e, geralmente, em forma de pêra caracterizado por uma grande quantidade de gordura armazenada, uma cintura e estrutura óssea largas.

Tendem a um maior armazenamento de gordura corporal, especialmente nos braços  e pernas.

Para os endomorfos, ganhar músculo é muito mais difícil e, por outro lado, muito mais fácil ganhar peso.

Treino para o endomorfo

Preferir exercícios compostos para queimar calorias e gordura;

Apontar para as 8 a 12 repetições e 3 a 5 séries para a parte superior do corpo, 12 a 20 para a parte inferior do corpo.

Praticar cardio no mínimo 3 vezes por semana, durante 20 a 30 minutos;

Experimentar natação, ciclismo e caminhada, isto é, cardio leve e de baixo impacto para as articulações.

Alimentação para o endomorfo

Uma dieta baixa em carboidratos (que podem vir dos vegetais) e rica em proteína e fibra.

O que fazer: treinar intensamente; ter atenção aos carboidratos consumidos; dormir bem e suficiente para minimizar os efeitos da hormona do stress, cortisol, responsável por muita da acumulação da gordura na barriga; evitar o overtraining e bebidas energéticas.

Tipos de corpo: ectomorfo, mesomorfo e endomorfo

Que se pode então dizer sobre estes três tipos de corpo?

Os ectomorfos continuam magros mesmo depois de horas no ginásio, os endomorfos lutam para emagrecer e os mesomorfos construem músculo facilmente.

Depois de saber o seu tipo de corpo, planeie o seu treino e a sua dieta de modo a maximizar o seu potencial corporal.

Mas qualquer que seja o seu tipo de corpo, o importante é esforçar-se e trabalhar, muitas vezes arduamente, para aquilo que quer.

Sim, para um tipo de corpo endomorfo é mais difícil ganhar músculo e perder peso, tal como um ectomorfo tem imensas dificuldades em ganhar peso, mas isso não significa que tem de desistir.

Tem de puxar um pouco mais, trabalhar um pouco mais, mas tudo vale a pena quando se atinge os resultados desejados.

Não fique para sempre a lamentar-se e a sonhar com um corpo diferente, arregace as mangas e comece já a sua caminhada em direcção ao seu objetivo.

Fale com o seu instrutor ou profissionais da área e descubra qual o treino adequado para si e para o seu tipo de corpo, assim como os resultados que deseja obter.

Não se identifica com nenhum dos três tipos de corpo?

Como foi dito anteriormente, apesar de haver estas três categorias, elas funcionam como guias.

A grande probabilidade é ninguém possuir características apenas e só de um destes tipos, mas sim aspectos dos três.

Ler 57 vezes Modificado em terça, 20 agosto 2019 15:48
Sara Ribeiro

Redatora Principal

"Tomei o gosto pelas palavras bem cedo.
Encantada por todas as leituras e escritas que passaram e continuam a passar por mim, o meu percurso inevitável em Comunicação guiou-me até aqui.
Continuarei, para sempre, enamorada pelo poder da informação e pela liberdade que ela respira."