sexta, 23 agosto 2019 17:13

Excesso de peso: dicas para evitar lesões durante o treino

Escrito por
Classifique este item
(2 votos)
Excesso de peso: dicas para evitar lesões durante o treino Excesso de peso: dicas para evitar lesões durante o treino

Siga as nossas recomendações para evitar lesões de modo a treinar da forma mais segura possível e, também, com a máxima eficácia.

As lesões podem acontecer, principalmente se tiver excesso de peso e não for devidamente acompanhado por um profissional.

Se tem excesso de peso, quer esteja apenas a começar agora a praticar exercício ou se está a recomeçar depois de ter deixado de o praticar, assegure-se, em primeiro lugar, que o faz de maneira segura.

Dores musculares acontecem e são normais, já as lesões por overtraining, más posturas e técnicas erradas são casos anormais que devem ser evitados ao máximo.

Estas lesões são a maneira certa de fazer com que não volte a treinar.

Mas há uns truques simples que deve seguir que evitam estas lesões e permitem que treine segura e eficazmente.

Defina os seus objetivos

O que pretende com o seu treino?

Quer seja somente para emagrecer e voltar a ter uma massa corporal saudável, atingir o peso ideal para a sua altura e estrutura, ou simplesmente melhorar certos aspetos da sua saúde, é fundamental definir os seus objetivos.

Quanto mais definidos e específicos forem os seus objetivos, maior é a probabilidade de se manter na rotina de treino que, por sua vez, irá levar aos resultados desejados.

Defina também pequenas metas a atingir para não perder a motivação.

Imponha determinados limites

Procure o local e os profissionais certos para si e para os seus objetivos.

Isto é essencial para encontrar a melhor ajuda e orientação para o seu treino.

É, sem dúvida, a melhor forma de encontrar um programa correto para si, adaptado às suas necessidades e características, evitando lesões.

Em caso de excesso de peso, sedentarismo ou condições médicas pré-existentes, o primeiro passo a tomar é consultar o seu médico ou profissional de saúde.

Mantenha o treino básico

A sua rotina de treino e exercício físico não deve ser complicada demais.

O treino deve ser simples e, se possível, ao seu gosto, para conseguir manter a motivação para continuar.

Se o seu excesso de peso convida preocupações em relação às suas articulações, ande, caminhe, ou então escolha nadar ou andar de bicicleta.

Comece, por exemplo, por caminhar 20 ou 30 minutos e convide um amigo para lhe fazer companhia ou ponha os seus auscultadores e ponha a sua música preferida. Vai ver que não custa tanto.

Com o hábito de andar, a sua saúde cardiovascular vai melhorar, bem como a sua resistência. A probabilidade de ganhar o gosto ao exercício é maior e a motivação vai crescendo também (daí a importância das pequenas metas).

Quando o seu corpo ganhar mais resistência e força, dê mais um passo em frente e evolua para exercícios mais intensos.

Empurrar, puxar, torcer, agachar, dobrar, são cinco padrões básicos de movimento, compostos, isto é, que trabalham mais que uma articulação e grupo muscular ao mesmo tempo. Eles ajudam a aumentar a força e a melhorar a estabilidade e a queimar mais facilmente calorias.

Não se esqueça de aquecer e arrefecer, antes e depois de todo e qualquer treino.

Passo a passo

Não se esqueça que é um percurso longo que precisa de muita paciência.

É fundamental permitir ao seu corpo descansar e recuperar, não treine todos os dias.

Treinar sem descanso acarreta o risco de sofrer de overtraining que não só impede a progressão, como faz perder a evolução já conseguida. Para além disso, pode provocar fadiga e apatia.

Não sinta culpa por parar um dia, descanso e recuperação são essenciais no seu percurso para um corpo e mente saudáveis.

Ler 79 vezes Modificado em sexta, 23 agosto 2019 17:52
Sara Ribeiro

Redatora Principal

"Tomei o gosto pelas palavras bem cedo.
Encantada por todas as leituras e escritas que passaram e continuam a passar por mim, o meu percurso inevitável em Comunicação guiou-me até aqui.
Continuarei, para sempre, enamorada pelo poder da informação e pela liberdade que ela respira."