terça, 16 julho 2019 09:12

Dicas para manter a dieta e o peso nas férias

Escrito por
Classifique este item
(1 Vote)
Dicas para manter a dieta e o peso nas férias Dicas para manter a dieta e o peso nas férias

Quando se vai de férias, há dois pormenores que muita gente deixa para trás (in)voluntariamente: o treino e a alimentação saudável.

Por vezes trabalha-se o ano inteiro para ter o físico que se quer para as férias de verão, para ir à praia e piscina e, depois, durante esses dias, todo esse esforço e trabalho é deitado fora com o treino a ser deixado de lado e as refeições, quase sempre calóricas e desequilibradas nutricionalmente.

Mas não é preciso deixar nem o exercício físico, nem uma alimentação saudável e equilibrada. Tudo o que é preciso é saber planear para regressar das férias sem sentir um bocadinho de culpa, mantendo a dieta e o peso.

O primeiro passo é igual a quem começa a praticar exercício físico: não invente desculpas, comprometa-se a treinar e organize o seu tempo para ter sempre aquele momento de treino. Pode, por exemplo, escolher a manhã, ou a noite, antes do jantar, para treinar. Qualquer que seja a sua escolha, a regularidade é chave.

Treinar nas férias não significa passar horas dentro de um ginásio ou agachamentos infinitos no quarto de hotel. Se o seu hotel tem um ginásio bem equipado, pode utilizá-lo para fazer o seu treino habitual. Por outro lado, se o ginásio não tiver o equipamento que normalmente utiliza, use a sua criatividade para criar alternativas. Procures escadas, bancos..., exercite ao pé da praia ou noutro lugar em que se sinta bem e em que possa apreciar a paisagem. Isto ajuda a manter a sua motivação.

Se não dispensa acessórios, há artigos que pode comprar para ajudar nesta tarefa como, por exemplo, bandas de resistência, corda de saltar e pesos. Já encontra também kits próprios como este.

Fique com as nossas dicas para manter a dieta e o peso nas férias.

Comece antes da viagem. Planeie a sua viagem e foque-se nos momentos em que poderá exercitar, que tipo de exercícios poderá fazer e que comida poderá comer.

O aeroporto também conta. Voo atrasado? Ande de um lado para o outro, explore as vistas e os sons do aeroporto.

Levante-se da toalha. Se está na praia a aproveitar os raios de sol, por cada hora de “fotossíntese”, levante-se e caminhe durante 10 minutos. Poucas coisas são melhores do que andar à beira-mar, aproveite e molhe os pezinhos. Sente-se com energia? Corra em vez de caminhar: é um óptimo treino cardio.

Leve o equipamento de treino na bagagem ou use o ginásio do hotel. O que sabe que vai precisar mas acha que não vai conseguir arranjar durante as férias, leve. Pense em comprar um kit de fitness já direccionado para levar nas viagens. Ou treine no ginásio do hotel que na sua maioria, atualmente, têm os equipamentos básicos.

Calce os seus sapatos de caminhada. Uma das melhores maneiras para explorar novas zonas é andar. Quantos mais sítios para conhecer e ver, melhor.

Se levou carro, estacione mais longe. Ou ande a pé, se não for muito longe. Assim dá mais uns passos na queima de calorias.

Relaxe antes de se deitar. Acalme a mente e o corpo antes de se deitar para ter uma boa noite de sono e acordar com energia para o dia seguinte. Experimente meditar, por exemplo.

Procure aulas locais de fitness. Caso tenha tempo, é uma boa maneira de conhecer outras pessoas e experimentar coisas novas. Quem sabe não recebe dicas dos habitantes locais de sítios para visitar?

Experimente produtos locais. Não têm de ser as sobremesas. Prove alimentos saudáveis como frutas e vegetais que nunca experimentou.

Escolha aventuras ativas. Quer seja caminhar ou pedalar, quase sempre tem possibilidade de combinar a atividade física com aventuras de viagem. Aproveite as paisagens, o sítio diferente e vá a excursões para visitar a zona ou experimente algo novo. Faça surf, ski ou snowboard, corra, caminhe, pedale ou nade, o que preferir de acordo com o sítio onde está.

Coma de maneira inteligente e prepare-se para refeições caloricamente pesadas. Se está num sítio onde sabe que vai experimentar os doces ou sobremesas tradicionais, prefira comer leve durante o dia em preparação para esses pratos e evitar a sensação de culpa.

Leve os seus próprios snacks. Oleaginosas, como amêndoas e nozes, sementes ou barras de cereais são essenciais para matar a fome durante os passeios e filas de espera.

Viaje com uma geladeira. Para o caso de fazer uma viagem pela estrada ou o hotel não ter frigorífico onde guardar a comida que escolheu levar. Prefira alimentos e snacks não perecíveis.

Evite os buffets. Muitas opções e prato cheio. Prefira restaurantes com doses adequadas.  O descanso entre os pratos dá uma melhor perceção de quando o estômago está cheio e, deste modo, evita comer demais. Quanto ao pequeno-almoço que nos hotéis é quase sempre buffet, pense duas vezes antes de encher o prato com bacon, queques, croissants e queijos. Guarde as calorias para o resto do dia. Pode comer um pouco de ovos, bacon, até salsicha, e uma torrada. Isto vai dar uma sensação de saciedade por mais tempo. Evite sumos, panquecas, e cereais de pequeno-almoço.

Tenha uma aplicação de fitness. Uma aplicação que conta as calorias diminui a probabilidade de grandes recaídas. Enquanto espera na fila para entrar no museu, por exemplo, é um bom momento para atualizar o que tem comido.

Acorde 15 minutos antes para um treino rápido. Porque a probabilidade de treinar ao fim do dia é menor, especialmente depois de um dia de praia ou caminhada. Descubra os nossos exercícios para não perder o ritmo nas férias.

Ler 65 vezes Modificado em quarta, 17 julho 2019 11:19
Sara Ribeiro

Redatora Principal

"Tomei o gosto pelas palavras bem cedo.
Encantada por todas as leituras e escritas que passaram e continuam a passar por mim, o meu percurso inevitável em Comunicação guiou-me até aqui.
Continuarei, para sempre, enamorada pelo poder da informação e pela liberdade que ela respira."