domingo, 01 setembro 2019 19:15

Dicas para aumentar a autoestima

Escrito por
Classifique este item
(2 votos)
Dicas para aumentar a autoestima Dicas para aumentar a autoestima

Por vezes precisamos de praticar um pouco mais a autoapreciação. Fique com as nossas dicas para aumentar a sua autoestima e ganhar mais confiança em si.

Autoestima tem um significado diferente para pessoas diferentes.

Algumas pessoas relacionam autoestima com a realização de algo, outras com o aspeto exterior ou popularidade.

Atualmente, é dada muita importância aos bens materiais como indicadores de sucesso.Mas no fundo, autoestima é apreciar-se por quem é, assumir os seus pontos fortes e os fracos, perfeições e imperfeições.

Infelizmente, muitas vezes, muitas pessoas, sofrem de uma certa falta de autoestima, interferindo nos seus projetos ou objetivos.

Uma autoestima baixa afeta negativamente praticamente todas as partes da sua vida: relacionamentos, emprego e saúde.

O aumento da autoestima não se dá de um dia para o outro e requer tentativas e erros e, acima de tudo, paciência.

Damos-lhe  algumas dicas para ser mais justa consigo própria, mais realista, e não se deixar ir abaixo para ganhar confiança e autoestima.

Importância da autoestima

Ter e manter uma autoestima alta é fundamental.

Facilita a vida, que parece mais simples; dá estabilidade interior; fornece autoconfiança e afasta a autosabotagem; e, acima de tudo, a vida torna-se mais alegre e feliz.

Como aumentar a autoestima

Para ter autoestima tem que haver uma apreciação, assim como uma aceitação de quem é e do seu valor, no seu todo.

Pontos fortes vs Pontes fracos

Não basta pensar unicamente que só comete erros ou que não consegue fazer nada, o segredo está em aceitar essas situações e seguir em frente.

Num papel, escreva de um lado "Pontos fortes", do outro, "Pontos fracos". Enumere 10 de cada.

Identifique tudo o que lhe retira ou diminui a autoestima e tudo aquilo em que é capaz.

Ao indicar 10 pontos fortes e fracos irá saber quais são quais, tal como se vai aperceber que, afinal, há muitas coisas que sabe fazer bem.

Analise estes pontos e interprete o que pensa deles.

Expetativas

Nada melhor para arruinar a autoestima como idealizar e criar expetativas irrealistas.

O falhanço que segue por não atingir essas expetativas cria uma bola de neve de pensamentos negativos, o que reforça a falta de autoestima.

Realizações

Ponha de lado a expetativa da perfeição e tome nota das suas realizações à medida que as alcança.

Valorize cada uma delas, por mais pequenas que as considere.

Erros

Toda a gente comete erros. Não fique a remoer, eles são uma oportunidade para aprender e crescer.

Autoconhecimento

Por vezes estamos em baixo e sentimos que não temos nada para oferecer aos outros.

Estes sentimentos podem ser uma consequência de ainda não sabermos o que temos e podemos oferecer.

Abrir-se a novas experiências e oportunidades, aprender mais sobre si, arriscar, fazer coisas diferentes, tudo isto leva a conhecer-se e a enriquecer a sua mentalidade.

Também tem de saber reconhecer e adaptar a sua própria imagem e autoestima às suas capacidades atuais.

Pensamentos negativos

  • Não tenha pensamentos com a lógica do 8 ou 80;
  • Não se martirize com erros cometidos;
  • Não rejeite as pequenas realizações;
  • Não salte para conclusões precipitadas;
  • Não confunda sentimentos por factos;
  • Não se subestime.

Pensamentos positivos

Substitua os pensamentos negativos por pensamentos positivos e construtivos.

  • Encoraje-se a si própria;
  • Perdoe-se pelos erros cometidos;
  • Foque-se nas partes positivas da sua vida;
  • Analise o que aprendeu com as suas experiências e o que mudaria nelas.

Pratique exercício físico

Seja uma aula de defesa pessoal ou uma aula de dança, a prática de uma atividade física ajuda a ganhar um novo olhar sobre si.

Comparações

Pode ser difícil porque parece algo inerente à raça humana, mas tente não se comparar a outras pessoas. É inútil e, na realidade, não sabe o que se passa por trás do que considera perfeito ou ideal.

Prefira entrar em competição consigo mesma, mas pare com as autocríticas destrutivas.

Para além destas dicas, certifique-se que:

  • Está a cuidar de si e do seu corpo. Cumpra hábitos alimentares saudáveis;
  • Faz coisas que gosta;
  • Passa tempo com pessoas que a fazem sentir bem.
Ler 106 vezes Modificado em segunda, 16 setembro 2019 16:38
Sara Ribeiro

Redatora Principal

"Tomei o gosto pelas palavras bem cedo.
Encantada por todas as leituras e escritas que passaram e continuam a passar por mim, o meu percurso inevitável em Comunicação guiou-me até aqui.
Continuarei, para sempre, enamorada pelo poder da informação e pela liberdade que ela respira."