segunda, 09 setembro 2019 10:17

O desfile de moda dedicado à sustentabilidade e contra a violência doméstica

Escrito por
Classifique este item
(3 votos)
O desfile de moda contra a violência doméstica O desfile de moda contra a violência doméstica © 2015, Semana da Moda de Moçambique

Dia 17 de setembro, às 18h30, o Centro de Acolhimento ao Cidadão recebe o desfile de moda dedicado à sensibilização do público para a violência doméstica. O evento ainda pretende chamar a atenção para temas como a sustentabilidade.

A Assembleia da República acolhe, no próximo dia 17 de setembro, o desfile de moda “A violência não está na moda”, uma iniciativa organizada em parceria com a APAV - Associação Portuguesa de Apoio à Vítima e o Movimento Mulheres de Vermelho.

A iniciativa visa a sensibilização do público para a valorização social das mulheres que são vítimas de violência doméstica. Trata-se de uma chamada de atenção para um problema social dramático em Portugal.

“A violência não está na moda” é um evento no qual estarão reunidas, não só manequins profissionais, mas também outras mulheres com papéis de responsabilidade política e social na sociedade, como o caso de Teresa Pinto Coelho, Yolanda Lobo, Carla Matadinho, Sandra Cóias, Teresa Guilherme, entre outras, assim como mulheres que foram acompanhadas pela APAV.

“Para estas mulheres será um dia completamente diferente, em que vão ser maquilhadas, penteadas e tratadas como umas modelos e ainda viver a experiência dos bastidores de um grande desfile de moda. Um pequeno gesto que contribui para a sua valorização pessoal” – adianta o mentor do projeto.

 APM9876

O desfile de moda é a apresentação da nova marca portuguesa “The Thinker and The Sinner” que trabalha na área da economia circular, que tem como missão o zero desperdício têxtil e o upcycling, integrando e reinventando na sua confeção técnicas tradicionais como o patchwork. A coleção, que será cedida para o desfile, apresenta uma visão que promove a sustentabilidade do nosso planeta e dá continuidade ao compromisso social de apoio no combate à violência doméstica.

A coleção, que será cedida para o desfile, apresenta uma visão que promove a sustentabilidade do nosso planeta e dá continuidade ao compromisso social de apoio no combate à violência doméstica.

Neste mesmo dia serão disponibilizados quatro pontos de recolha de desperdício têxtil pela DariAcordar/Desperdício Zero numa iniciativa conjunta com a Assembleia da República.

Ler 66 vezes Modificado em quinta, 12 setembro 2019 09:25