Imprimir esta página
sexta, 29 julho 2022 15:56

Alimentação e atividade física - Pilares para uma vida saudável

Escrito por
Classifique este item
(0 votos)

Vivemos numa era em que é mais comum encontrar comida altamente processada de baixo teor nutritivo do que alimentos puros e ricos em nutrientes, e onde o sedentarismo está a ganhar proporções preocupantes do ponto de vista da saúde física e mental.

É por isso importante a constante sensibilização para uma alimentação o mais natural possível, assim como para a necessidade da prática de atividade física, dois dos pilares base para uma vida mais saudável. Mas serão os únicos pilares com que nos devemos preocupar?

Para uma saúde física e emocional equilibrada, temos que ter também em consideração outros factores como:

Sono

Uma noite de sono reparadora, é uma necessidade fundamental para a saúde.

A Organização Mundial de Saúde dita que o ideal são oito a nove horas de sono por noite, sendo que no mínimo dos mínimos, uma pessoa consegue ser saudável a dormir só sete horas. Abaixo disso, é privação do sono e pode originar o aparecimento de diversas doenças.

Dormir poucas horas é um factor que gera stress, tem sido relacionado a problemas de obesidade, de resistência à insulina, de doenças cardíacas, de baixa imunidade, inflamação, redução da função cognitiva, afeta a taxa de recuperação de feridas e tecidos, a pressão sanguínea, assim como, o sistema gastrointestinal e até mesmo a expressão epigenética.

É durante o sono que o organismo repõe energia, regenera tecidos, promove o crescimento muscular e a síntese de proteínas, integra aprendizagens e memórias.

E por isso, dormir bem é um hábito que deve ser incluído na rotina de todos.

Contacto com a Natureza

Realizar periodicamente atividades em contacto com a terra, melhora a imunidade, equilibra o cérebro e o sistema nervoso.

Diversos estudos científicos já demonstraram que caminhar descalço na terra é muito benéfico, devido ao seu poder antioxidante e anti-inflamatório, além de melhorar o humor e a qualidade do sono.

Meditação

Qualquer tipo de meditação, quer seja prestar atenção na própria respiração, ou ouvir músicas relaxantes ou mesmo contemplar uma paisagem em silêncio, altera o funcionamento cerebral e os nossos estados emocionais.

Meditar faz com que as pessoas lidem melhor com suas emoções, reduz a ansiedade, amplia o sentimento de bem-estar, melhora o foco, a criativade e a memória, ajuda no desenvolvimento da sua inteligência emocional, e é uma das maneira mais eficientes de controlar e baixar os níveis de cortisol, a hormona do stress.

Outra grande vantagem da meditação é poder praticá-la em qualquer local ou momento necessário.

Gratidão

A gratidão é muito mais do que um sentimento, é um hábito de vida saudável.

Ter o hábito de expressar gratidão provoca mudanças benéficas no nosso corpo e permite uma reprogramação a nível cerebral com efeitos duradouros.

Ter esta prática diariamente, melhora a saúde mental, promove a saúde física, melhora o sono, aumenta a empatia e reduz a agressividade, melhora a autoestima, aprimora a resiliência, tem efeitos positivos no sistema imunitário e ativa a região do tronco encefálico que liberta dopamina e serotonina.

Pensamentos

A saúde física e mental, estão interrelacionadas. Ou seja, as tuas emoções impactam o funcionamento do teu corpo, que por sua vez afeta seu pensamento e emoções.

Cada vez mais se associa o aparecimento de doenças como alergias, ataques de pânico, cancro, depressão e muitas outras a estados emocionais altamente desgastantes.

Quando estamos sob stress constante, dá-se a libertação das hormonas adrenalina e cortisol, que em quantidades normais, são fundamentais ao bom funcionamento do organismo, o problema existe quando estas hormoas são produzidas em quantidades muito acima do necessário, por um longo período de tempo, muitas vezes anos consecutivos, gerando dessa forma problemas físicos.

Manter sempre a mente ocupada com pensamentos positivos, é sem dúvida muito benéfico para a saúde física e mental

A mente é feita da informação que nós lhe transmitimos e o corpo da nutrição que nós lhe damos, por isso, as nossas escolhas diárias determinam a nossa qualidade da tua vida.

Ler 193 vezes Modificado em sexta, 29 julho 2022 21:56