sábado, 28 agosto 2021 21:35

Angus Pingo Doce é a única carne em Portugal certificada em produção livre de antibióticos

Escrito por
Classifique este item
(0 votos)

Após obter a certificação em Bem-Estar Animal, a carne nacional Angus Pingo Doce recebeu agora a certificação pioneira em produção livre de antibióticos, atribuída pela AENOR.

As condições ideais em que os animais são criados - ao nível da alimentação, instalações e procedimentos – proporcionam um crescimento saudável dos animais, sem que seja necessária a utilização de antibióticos.

Para esta certificação, contribuíram diversos fatores que estão na base das boas práticas de produção animal, começando, desde logo, pela formação de toda a equipa; pela melhoria das condições de conforto e Bem-Estar dos animais; pela alimentação de qualidade e adequada a cada fase de crescimento; e pela presença constante de uma equipa de médicos veterinários que supervisionam o estado de saúde dos animais.

A carne Angus do Pingo Doce, que conquistou agora mais esta certificação,  tem origem nas explorações da Best Farmer (empresa do Grupo Jerónimo Martins), localizadas no Cartaxo, em Manhente e em Monte Trigo.

Esta certificação é mais um passo no compromisso do Pingo Doce com o Bem-Estar Animal e com as práticas de produção sustentáveis, sendo, mais uma vez, a cadeia pioneira a oferecer ao consumidor um produto inovador que promove o máximo respeito pelos animais” afirma Maria João Coelho, diretora de marketing do Pingo Doce.

Para que seja facilmente reconhecida pelos consumidores, a carne Angus Pingo Doce passará a ostentar um selo com a respetiva certificação.

Ler 178 vezes Modificado em sábado, 28 agosto 2021 21:42