sábado, 15 janeiro 2022 15:54

Linkedin: 5 sugestões de procura e candidatura de emprego na mais poderosa rede social profissional

Escrito por
Classifique este item
(0 votos)

Iniciar 2022 a investir na marca pessoal: o Linkedin é a mais poderosa ferramenta utilizada tanto por candidatos a emprego como por empresas em fase de recrutamento.

É a rede social de eleição para encontrar ‘O’ trabalho à sua medida, mas os resultados só serão positivos se souber utilizar o Linkedin corretamente, o que implica pensar e construir a sua marca pessoal para se destacar aos olhos dos potenciais empregadores. A Adecco Portugal sugere as 5 melhores formas de tirar o máximo partido do Linkedin para encontrar (e conseguir) um emprego à medida das suas ambições.

 

#1 COMEÇAR PELO PRINCÍPIO: CONSTRUIR A SUA MARCA PESSOAL E MELHORAR O PERFIL NA REDE

Para utilizar o Linkedin em todo o seu potencial, comece por ser cuidadoso na configuração do seu perfil porque, certamente, os potenciais empregadores vão visualizar a sua presença no Linkedin e, muito provavelmente, toda a sua presença nas redes sociais.

Antes de mais, para ser um perfil atrativo, pense na sua marca pessoal. Uma definição sucinta e expressiva do que é o personal branding é a que Jeff Bezos, CEO da Amazon, diz ser o que as pessoas dizem sobre si quando não está na sala". No fundo, como gostaria de ser visto a nível profissional, ou o que os seus colegas e líderes pensariam sobre si na sua ausência?

Para revelar esta identidade única e as mais-valias que pode trazer à sua organização, construa o seu perfil respondendo a estas questões: Qual é o meu foco? Sou honesto na exposição das minhas competências e ambições? Como contar a minha história e projetos de forma genuína, sintética e atrativa? Sou coerente e consistente no meu percurso e ambições? Pondere nas respostas a nestas questões e torne o seu perfil atrativo para potenciais empregadores, colocando conteúdos valiosos relacionados com o seu campo profissional.

Utilize a mesma estratégia para os posts: se as publicações tiverem impacto nos seus contactos, começará a ter mais seguidores, gostos e o seu perfil acabará por ser visto por mais pessoas. Isto significa que os recrutadores do seu segmento de atividade terão mais probabilidade de ‘tropeçar’ no seu perfil. Se gostarem do que veem, aumenta muito as oportunidades de ser contactado se tiverem uma posição adequada ao seu perfil.

Não pense, contudo, que a tarefa de alimentar conteúdos no Linkedin ou atualizar o seu perfil fica estagnada. Bem pelo contrário, não descure as pistas anteriores e mantenha a atividade na plataforma com publicações relevantes na sua área profissional para potenciar um maior alcance do seu perfil a mais recrutadores. Nunca se sabe o que poderá vir a ser o resultado. Para além de novas ofertas de emprego, poderá receber convites para eventos, oportunidades de colaboração com marcas e muito mais. A marca pessoal é o grande recurso a longo prazo no percurso profissional. Nunca deixe de partilhar as dinâmicas que reforçam a sua marca pessoal e relevância na área de atividade.

Se a sua profissão é passível de ser desempenhada fora do país, deverá eleger o inglês como língua de comunicação no perfil, o que permitirá alargar a possibilidade de encontrar o emprego que ambiciona.

 

#2: SEGUIR EMPRESAS-ALVO

Se procura uma posição numa empresa específica, ou se conhece algumas organizações de topo para as quais gostaria de trabalhar, siga essas empresas no Linkedin é essencial estar a par das notícias e atividade de mercado da organização e, obviamente, poderá aceder às publicações de vagas que possam estar disponíveis de forma muito mais imediata, o que garante a possibilidade de ser uma das primeiras pessoas a candidatar-se.

Para além de seguir as empresas, é recomendável que siga também os líderes do segmento de mercado em que pretende trabalhar. Os gestores e líderes publicam frequentemente nos seus perfis vagas prioritárias, pelo este tipo de ligação ajuda a manter-se atento a quaisquer posições que possam adequar-se ao seu perfil. Seja proativo na pesquisa de recrutadores e head-hunters, que podem ter informação privilegiada sobre vagas que precisam de ser preenchidas com urgência, e que podem contactá-lo se acharem que as suas competências e experiência são adequadas à função.

 

#3: USAR O Linkedin PARA PREPARAR ENTREVISTAS

Muitos empregadores utilizam o Linkedin para pesquisar candidatos antes de chamarem alguém para uma entrevista, mas o candidato também pode utilizar a plataforma em seu proveito nestas situações. Se foi chamado para uma entrevista, antes de a realizar, consulte os últimos posts do Linkedin da organização para descobrir que atualizações importantes podem ser relevantes para a sua conversa durante a entrevista. Fazer este tipo de pesquisa irá mostrar ao seu potencial empregador que tem interesse em preencher a vaga disponível, mas também se importa com a empresa como um todo.

Poderá também consultar o perfil pessoal do entrevistador no Linkedin para compreender melhor as suas responsabilidades. Poderá até descobrir na plataforma que frequentaram a mesma faculdade, que têm interesses profissionais semelhantes ou outros pontos de identificação que ajudam a construir empatia numa primeira conversa.

 

#4: JUNTAR-SE A GRUPOS DO Linkedin

Os grupos do Linkedin são uma das melhores formas de interagir com outros profissionais da sua área. Por exemplo, se estiver interessado numa carreira profissional em contabilidade fora de Portugal, pode juntar-se a um grupo de profissionais de contabilidade do país onde gostaria de trabalhar. Não só conhecerá as tendências do mercado locais, formação e notícias, mas também poderá aceder às partilhas sobre vagas de emprego.

Se contribuir com conteúdos de valor num grupo do Linkedin, é muito mais provável que as pessoas reparem em si. A sua atividade dentro do grupo pode demonstrar que é um candidato a ter em conta e suscitar o interesse de alguém que tem uma oportunidade de emprego à sua medida. 

#5: ATIVAR ALERTAS DE EMPREGO

Para garantir que nunca perde uma oportunidade, crie alertas de emprego personalizados no Linkedin: assim que os ativar, receberá notificações de novas vagas que correspondem às suas competências no separador de notificações. Pode criar alertas de emprego para empresas, locais ou postos de trabalho específicos.

Por exemplo, se estiver à procura de trabalho como Designer Gráfico em Lisboa, pode definir as suas preferências para o notificar sempre que posições semelhantes forem publicadas no quadro de empregos do Linkedin. Isto poupa-lhe tempo e esforço,e permite que o Linkedin faça a triagem das ofertas ajustadas ao seu perfil de entre as oportunidades de emprego publicadas online todos os dias.

Ler 267 vezes Modificado em sábado, 15 janeiro 2022 16:34