terça, 27 agosto 2019 16:48

Como escolher a melhor lancheira infantil

Escrito por
Classifique este item
(1 Vote)
Como escolher a melhor lancheira infantil Como escolher a melhor lancheira infantil

A lancheira é um dos produtos que os pais costumam renovar aquando do regresso às aulas. Conheça as nossas dicas para escolher a melhor lancheira infantil para o seu filho.

O regresso às aulas para os mais pequenos está cada vez mais perto e a escolha da melhor lancheira é uma decisão importante.

Tal como na fase adulta, a alimentação desempenha um papel fundamental na vida e saúde das crianças.

Uma boa alimentação favorece um desenvolvimento físico e cognitivo equilibrado.

Apesar da alimentação nas cantinas ter melhorado significativamente, não há nada melhor do que uma refeição caseira. É mais saborosa, saudável e económica.

Deste modo, é importante que o seu filho tenha consigo a melhor lancheira que pode.

Não só a lancheira infantil deve ser de alta qualidade, como também o seu recheio. Deve preparar as refeições para a lancheira do seu filho bem saudáveis e nutritivas.

A lancheira ajuda a estimular as crianças a comerem alimentos saudáveis e, por outro lado, ajuda a poupar dinheiro nas refeições na cantina da escola.

Lancheira Infantil

As lancheiras infantis servem para transportar a comida que as crianças vão comer nos intervalos das aulas ou nos passeios da escola.

Apesar de ser mais um saco para o seu filho carregar, as lancheiras são feitas com materiais que as tornam leves e compactas, ideais para as crianças as transportarem sem nenhuma dificuldade.

Se quiser, opte por uma lancheira que caiba na mochila da escola.

Como existem inúmeras opções de escolha de lancheiras, veja as nossas dicas para escolher a melhor lancheira para o seu filho.

Lembre-se que é fundamental limpar as lancheiras todos os dias pois esta vai absorvendo cheiros e sujidades.

Vantagens da lancheira infantil

  • Transportada facilmente pelas crianças;
  • Ajuda a economizar dinheiro nas refeições;
  • Estimula o consumo de alimentos saudáveis;
  • Possui um ambiente limpo e protegido;
  • Armazena alimentos perecíveis.

Tipos de lancheiras

Há lancheiras de vários tamanhos, formas, estilos e materiais.

Pode encontrar os modelos básicos, feitos de plástico, assim como as lancheiras térmicas.

Algumas fazem conjunto com a mochila da escola, o que fica super querido.

Outras trazem incluídos acessórios, utensílios e talheres.

Cada um destes modelos tem as suas características e são indicados para transportar diferentes tipos de alimentos.

Lancheira de plástico

Estes modelos não preservam a temperatura dos alimentos, portanto, alimentos que precisem de refrigeração não devem ir nestas lancheiras.

Estas lancheiras são ideais para lanches e comida não perecíveis como frutas com casca, bolachas, pacotes de sumo, etc.

Apesar de ser mais barata, também a sua durabilidade é menor.

Lancheira térmica

Mais cara que a lancheira de plástico, mas com maior utilidade.

Com a lancheira térmica, as crianças vão poder comer alimentos frescos e saudáveis.

Pode incluir uma maior variedade de alimentos frescos uma vez que esta conserva a temperatura fria dos alimentos até cerca de oito horas.

É ideal para transportar os alimentos que precisam ser conservados no frigorífico como iogurtes, frutas cortadas, etc.

Já os alimentos quentes, estes tipos de lancheiras conservam a sua temperatura até quatro horas.

O material interior, acolchoado e térmico, evita alterações na cor, sabor e textura dos alimentos.

Critérios de escolha

Tamanho

Avalie se o tamanho da lancheira é adequado às necessidades alimentares do seu filho.

Prefira as lancheiras de tamanho médio ou grande que permitam guardar mais alimentos e na vertical.

Não obstante, considere também o peso da lancheira. O ideal é que seja leve para ser facilmente transportada.

Material

Quanto ao material, escolha as lancheiras feitas em material resistente e impermeável.

Estas particularidades facilitam a limpeza da lancheira.

Modelo

Investigue e analise qual o modelo mais adequado às necessidades do seu filho.

Uma lancheira fácil de transportar, leve, que não incomode nem seja apenas um peso extra.

Se a mochila escolar é de rodas, escolha uma que dê para transportar nas costas ou uma com alça lateral ajustável; se a mochila é de costas, pode escolher uma lancheira com uma alça de mão.

Dê preferência às lancheiras que possuem um fecho.

Divisões

Há lancheira que têm imensas divisões.

As divisões são importantes não só para facilitar quando o seu filho for comer, como também evita a mistura de alimentos que eventualmente possam estar a diferentes temperaturas.

Mas por outro lado, mais divisões significa mais espaços para limpar.

A maior parte dos modelos de lancheiras tem uma ou duas divisões externas, outros também têm divisões internas e, ainda, espaço próprio para os talheres.

Acessórios

Algumas lancheiras trazem diversos acessórios como garrafa, copo, tigela, talheres, entre outros.

Tal como no caso do número das divisões, os acessórios são mais coisas para limpar e, para além disso, podem aumentar o peso da lancheira.

Estas lancheiras são mais completas mas também são bem mais caras.

Tem de avaliar se o custo-benefício vale a pena.

Design

Uma lancheira com imagens de personagens de desenhos animados que o seu filho gosta pode estimulá-lo a comer o lanche.

Contudo, os gostos vão e vêm, principalmente nas crianças. Esteja preparada para trocar o modelo com desenhos mais cedo do que gostaria.

Conjunto de mochila e lancheira

Também encontra à venda lancheiras infantis, de plástico ou térmicas, em conjunto com o mais importante acessório de escola do seu filho, a mochila.

Escolher a lancheira infantil

O ideal será, portanto, uma lancheira térmica com um bom sistema de transporte, isto é, com alças reguláveis, de tamanho médio e material resistente e impermeável.

Se o seu filho vai entrar no infantário, a lancheira é apenas uma das suas preocupações. Saiba tudo o que o seu filho precisa para o jardim de infância.

Ler 69 vezes Modificado em terça, 27 agosto 2019 22:03
Sara Ribeiro

Redatora Principal

"Tomei o gosto pelas palavras bem cedo.
Encantada por todas as leituras e escritas que passaram e continuam a passar por mim, o meu percurso inevitável em Comunicação guiou-me até aqui.
Continuarei, para sempre, enamorada pelo poder da informação e pela liberdade que ela respira."