sexta, 17 dezembro 2021 22:46

O impacto da prática de mindfulness no trabalho

Escrito por
Classifique este item
(0 votos)

BEM-ESTAR, SAÚDE MENTAL, CAPACIDADE DE GERIR EMOÇÕES E RELAÇÕES, CRIATIVIDADE E PRODUTIVIDADE NA LISTA DE BENEFÍCIOS

A falta de atenção no momento presente é algo constante na rotina dos indivíduos. Dificilmente estamos 100% concentrados nas tarefas que estamos a executar. No trabalho, a dispersão da atenção tem custos ao nível da saúde mental e desempenho global. A prazo, o excesso de estímulos versus falta de foco pode ser um dos ingredientes principais para o burnout que, de acordo com o mais recente estudo do Grupo Adecco ‘Resetting Normal – defining the new era of work’, afetou 54% dos jovens líderes em todo o mundo. As empresas têm que se preparar para proporcionar aos seus funcionários contextos de trabalho favoráveis ao desenvolvimento da sua concentração, capacidade emocional  e relacional, com reflexos positivos no bem-estar geral e, também, na produtividade das pessoas. A Adecco Portugal elenca os benefícios do mindfulness em contexto de trabalho e sugere três formas de capacitação dos funcionários para a sua prática em contexto empresarial.

mindfulness no trabalho, e em todos os aspetos da vida, é a consciência do momento. Com conceito original retirado do Budismo, têm como filosofia básica a autoconsciência plena do indivíduo e do ambiente que o rodeia, que se torna perfeitamente consciente dos seus pensamentos e sentimentos, mas não reage nem os julga. Liberta-se da sua tendência para ter uma resposta emocional rápida.

Com consequência, o mindfulness melhora a inteligência emocional e dota os indivíduos  de ferramentas para gerir as emoções a nível interno e externo. A atenção e o seu impacto no stresse estão também ligados a uma série de benefícios fisiológicos, incluindo a diminuição da pressão arterial, melhoria da memória e redução da depressão e ansiedade.

BENEFÍCIOS DA PRÁTICA DO MINDFULNESS NO TRABALHO

A prática de mindfulness no trabalho oferece uma série de benefícios organizacionais e pessoais que vão desde a saúde fisiológica, à melhoria do ambiente de trabalho, incluindo o bem-estar dos profissionais, as suas relações e a criatividade pessoal. Independentemente do tipo de formação que a sua empresa oferece, deve assegurar-se de que os benefícios da técnica estão alinhados com os objetivos da sua empresa. Para ter um impacto duradouro, qualquer tipo de formação requer o envolvimento e o apoio da liderança. Conheça com mais pormenor os benefícios que podem retirar os funcionários e a empresa com a prática regular das técnicas de mindfulness.

Bem-estar

As organizações estão finalmente a tornar-se mais conscientes dos custos associados a uma força de trabalho insalubre e, por isso, mais empenhadas em ter soluções que ajudem a proporcionar bem-estar aos funcionários. Absentismo, rotatividade e falta de produtividade representam custos para as empresas que estão intimamente ligados ao stresse e à saúde mental dos empregados. O número de baixas médicas atribuídas a graves problemas de saúde mental duplicou na última década, sendo a principal causa de ausência relacionada com doenças.

A resiliência e a capacidade de lidar com situações difíceis é fundamental para o bem-estar. Durante períodos stressantes, os empregados com altos níveis de resiliência poderão perseverar e permanecer empenhados e produtivos. O mindfulness no trabalho pode reforçar esta resiliência ao equipar os empregados com a capacidade de compreender as suas emoções, o seu nível de stresse e a sua capacidade de os influenciar.

A capacitação em mindfulness permite aos profissionais responderem eficazmente a situações difíceis. Além disso, demonstrou ter um efeito positivo no esgotamento, bem-estar e stresse. Diversos estudos efetuados neste campo demonstraram que os funcionários que praticam mindfulness têm níveis mais elevados de bem-estar alcançados pela resiliência emocional, melhor equilíbrio entre a vida profissional e a vida pessoal, e índices de desempenho profissional mais elevados.

Relacionamentos

Relações de trabalho saudáveis são a pedra angular da felicidade das pessoas em ambiente laboral. Relações de trabalho positivas produzem equipas mais produtivas, encorajam comportamentos altruístas e, em última análise, fomentam uma maior produtividade. Muitos estudos demonstraram uma clara ligação entre a atenção no trabalho e melhores relações de trabalho. Esta ligação estende-se para além do local de trabalho, influenciando relações pessoais mais satisfatórias e maior empatia e simpatia quando se interage com outros.

O desenvolvimento de relações fortes no local de trabalho é particularmente importante para os líderes organizacionais. Os líderes devem desenvolver a capacidade de reconhecer os seus pensamentos e ambiente de modo a apresentarem uma resposta informada em vez de uma reação emocional aos seus liderados, aspeto particularmente importante em tempos incertos, como o que estamos a viver agora com a pandemia de Covid-19.

Criatividade

A criatividade é essencial para a inovação e para a resolução de problemas. Sem criatividade, novos produtos e serviços não serão desenvolvidos e os processos não irão melhorar. Há estudos que apoiam uma relação entre o mindfulness e a criatividade. Quando os indivíduos têm um melhor controlo das suas emoções, experimentam menos stresse e são mais criativos. O mindfulness pode ajudar o pensamento criativo ao proporcionar maior foco, geração de ideias e melhor recetividade a novos conceitos.

CAPACITAÇÃO DOS FUNCIONÁRIOS EM MINDFULNESS

A capacitação mais adequada dependerá dos objetivos da empresa e do âmbito desejado da formação. Os tipos de formação mais comuns na prática da mindfulness no trabalho são os seguintes:

1. WEBINARS

Os webinars em mindfulness são semelhantes aos programas liderados por especialistas, mas oferecem a flexibilidade de uma participação virtual. Estes programas tendem a ser mais rentáveis, escaláveis em diferentes locais e podem também proporcionar aos profissionais maior sentimento de confidencialidade. No entanto, os webinars apresentam os seus próprios desafios uma vez que os participantes são menos responsáveis, pode haver menos envolvimento.

2. AUTOESTUDO

Os programas digitais podem proporcionar aos funcionários uma maior autonomia para se formarem em técnicas de mindfulness. Estes programas podem ser feitos à medida ou entregues de acordo com um calendário definido. Os benefícios desta metodologia de aprendizagem são a elevada flexibilidade e o baixo custo. No entanto, estes programas podem ser os mais desafiantes quando se trata de empenho e eficácia duradoura.

3. PROGRAMAS ESPECÍFICOS DE MINDFULNESS NO TRABALHO

Estes são geralmente cursos dirigidos por um especialista na área durante um período de várias semanas. Os profissionais podem assistir às aulas várias vezes por semana e também podem ser solicitados a praticar mindfulness em ambiente de trabalho. São uma excelente forma de as pessoas receberem formação estruturada. A formação em técnicas de mindfulness em grupo também tende a ter um impacto positivo na cultura do local de trabalho.

Ler 167 vezes Modificado em sexta, 17 dezembro 2021 22:54